PolíciaRegião

Polícia autua homem em R$ 24 mil por maus-tratos e aves em cativeiro

Aves e a espingarda estavam em uma fazenda, em Martinópolis (Foto: Polícia Ambiental/Cedida)
Aves e a espingarda estavam em uma fazenda, em
Martinópolis (Foto: Polícia Ambiental/Cedida)

A Polícia Militar Ambiental apreendeu 12 pássaros silvestres nesta terça-feira (31), em uma fazenda localizada em Martinópolis. Conforme a corporação, inicialmente, os policiais receberam a denúncia de maus-tratos a animais e manutenção de aves em cativeiro. Ao todo, um homem foi autuado em mais de R$ 24 mil e ele ainda acabou preso em flagrante por posse ilegal de arma de fogo.

Ainda segundo a corporação, foram localizados seis canários-da-terra, quatro periquitões-maracanã e dois coleirinhos-papa-capim. O homem foi autuado por manter em cativeiro aves da fauna silvestre sem autorização do órgão competente, no valor de R$ 6 mil, e por maus-tratos a aves nativas, com o montante de R$ 18 mil.

Após buscas na residência do envolvido, foi apreendida também uma espingarda de calibre 28 e 21 munições do mesmo calibre, além de um recipiente com espoletas.

Diante dos fatos, foi dada voz de prisão em flagrante por posse ilegal de arma de fogo e o envolvido, as armas, as munições e as aves apreendidas foram conduzidos à Delegacia da Polícia Civil de Martinópolis, com fiança arbitrada no valor de R$ 600.

As aves foram encaminhadas à Associação Protetora de Animais Silvestres (Apass), em Assis (SP), onde, após passarem por cuidados de médico veterinário, serão reinseridas ao seu habitat natural.

Ocorência foi nesta terça-feira (31), em Martinópolis (Foto: Polícia Ambiental/Cedida)
Ocorência foi nesta terça-feira (31), em Martinópolis (Foto: Polícia Ambiental/Cedida)
Tags

Notícias relacionadas

Comente

Close