PolíciaRegião

Empresário de Marília é preso por sonegar mais de R$ 11 milhões em impostos

Segundo o MPF, Odisnei Pavarini é acusado também de apresentar informações falsas aos fiscais. Ele foi condenado a mais de cinco anos em regime semiaberto.

O empresário Odisnei Pavarini foi preso na noite desta quarta-feira (13), em Marília (SP), pela Polícia Militar e Polícia Federal por um processo no qual foi condenado pela prática de crimes de sonegação de mais de R$ 11 milhões em impostos.

O empresário teve a prisão decretada pela Justiça Federal em março desse ano, mas o mandado ainda não havia sido cumprido. O G1 não identificou a defesa dos acusados.

Segundo o Ministério Público Federal (MPF), entre 1997 a 2000 Odisnei e seus sócios, Carla Pavarini e Eliseu Pavarini, donos da empresa O.E.R. Terraplanagem Saneamento e Obras Ltda, não pagaram impostos para a Receita Federal e apresentaram informações falsas aos fiscais.

Odisnei e Carla foram condenados a cinco anos e três meses de prisão em regime semiaberto, além de uma multa. Já Eliseu Pavarini teve a prescrição da pena.

Notícias relacionadas

Comente

Close