Funcionários da Saúde de Paraguaçu Paulista protestam por salário

Entre as reivindicações está o pagamento de insalubridade.
Atendimento à população não foi prejudicado.

Funcionários da Saúde protestaram por melhores salários (Foto: Reprodução / TV TEM)

Os funcionários da Saúde de Paraguaçu Paulista (SP) fizeram uma passeata nesta quarta-feira (28) pelas ruas da cidade. O objetivo foi chamar a atenção popular para as reivindicações da categoria, que quer, entre outras coisas, aumento salarial de 40%.

Pouco mais de 50 funcionários do Departamento de Saúde iniciaram a passeata por volta das 17h30. A manifestação seguiu por ruas do centro da cidade, deixando o trânsito lento em alguns trechos. Um carro de som acompanhou os manifestantes durante o trajeto até a praça da matriz.

Eles reivindicam um reajuste salarial de 40%, pagamento de adicional de insalubridade para cargos como auxiliar de enfermagem e psicólogo e a diminuição da carga horária de 40 para 30 horas semanais. Durante a tarde de quarta-feira, parte dos funcionários colocaram faixas e cartazes em pelo menos quatro das 12 unidades de Saúde do município. Alguns funcionários não trabalharam durante o dia.

O sindicato dos servidores municipais diz não estar à frente do movimento. Segundo o presidente, uma assembleia realizada na semana passada definiu que haveria uma paralisação de um dia, mas 30% dos funcionários continuariam trabalhando, como prevê a lei. Porém os servidores teriam descumprido a determinação.

A colocação das faixas e cartazes também não estaria de acordo com o sindicato, e por isso, o presidente registrou um boletim de ocorrência de preservação de direitos, deixando claro que qualquer tipo de manifestação não tem mais representação sindical.

A diretora do Departamento de Saúde disse que não foi procurada por nenhum funcionário e que o departamento estuda que medidas administrativas serão tomadas em relação aos servidores que não trabalharam na quarta-feira.

VEJA TAMBÉM

#MAIS LIDAS DA SEMANA