Vereador cobrará o recurso das entidades assistenciais na Câmara

O debate teve inicio quando chegou ao conhecimento do vereador onde a ONG APASS que recebia 6 mil reais, passou a receber 72 mil por ano.

Alexandre irá falar sobre o repasse de 72 mil reais para a Ong APASS (Foto: Assessoria)

Na sessão desta segunda, o vereador Alexandre Vêncio (PSD) o popular Alexandre Cachorrão, Presidente da Comissão de Juventude, Idosos e Pessoas com Deficiência estará defendendo na Câmara Municipal a má distribuição, a falta e o pouco repasse de recursos para as entidades assistenciais de Assis.

O debate teve inicio quando chegou ao conhecimento do vereador onde a ONG APASS que recebia 6 mil reais, passou a receber 72 mil por ano, e as nossas entidades assistenciais estão com os seus recursos estagnados há anos e muitas não recebem nada. Na oportunidade, Alexandre disse que a ONG APASS é merecedora dos recursos por desenvolver um bom trabalho.

Num discurso firme na Tribuna Alexandre defendeu as entidades, “a ASSOCIAÇÃO DO CÂNCER atende por ano centenas pessoas em sua sede e no Hospital Regional atende milhares de pessoas, recebeu 18 mil no ano passado e este ano NÃO RECEBEU NADA”.

A APAE, SER e o SIM atendem crianças com deficiência atuando na sua melhoria de vida e apoio a família recebem o mesmo recurso (na casa dos 50 mil) há anos e nunca aumentam. Só na APAE são atendidos 190 crianças e jovens.

Os três ASILOS de Assis, que fazem um belíssimo trabalho de acolhimento e atendimento com os idosos, também estão com os recursos estagnados e há anos recebendo o mesmo valor.

Outras discrepâncias, como entidades que recebem uma miséria (CLUBE DE CADEIRAS DE RODAS recebe 12 mil por ano) e outras que fazem um essencial e importante trabalho social não recebem nada, também será debatido.

“Convido a todos a acompanhar a sessão desta segunda na Câmara Municipal, pelo site www.assis.sp.leg.br, pela Rádio FEMA FM 105,9, pela TV Cabo Canal 15 e pelo Canal Digital Aberto 61,3” finaliza o vereador.

#MAIS LIDAS DA SEMANA