Confronto com 10 gols termina e empate na Água da Pinguela

O time do Jardim Paraná empatou por 5 a 5 com a equipe do Vasco (vila Ribeiro), voltando a pontuar após quatro derrotas consecutivas.

O presidente do Brasilzinho, Gabriel Baggio, com Negretti que abriu o marcador e Juninho Cabeça, fez o quinto e garantiu o empate (Foto: Assessoria)

Jogando no sábado, dia 16 no campo da Água da Pinguela, o time do Brasilzinho (Jardim Paraná) empatou pelo elástico placar de 5 a 5 com a equipe do Vasco (vila Ribeiro), voltando a pontuar após quatro derrotas consecutivas.

Mostrando garra e força de vontade, os comandados do técnico Fininho, do Brasilzinho abriram o placar ainda na primeira etapa, quando Negretti inaugurou o marcador, com uma bela finalização. Yago ampliou em 2 a 0, mas o Vasco conseguiu empatar e passar à frente no marcador. Thales novamente marcou para o Brasilzinho, deixando o placar novamente igualado. Porém, numa partida bastante movimentada e disputada, o Vasco aumentou para 5 x 3, sendo que já nos momentos finais da peleja, Amaral e Juninho Cabeça assinalaram mais dois tentos para o time do Jardim Paraná, dando com isso números finais ao placar: Vasco 5 x 5 Brasilzinho.

Numa analise geral, Gabriel Baggio, presidente do Brasilzinho, considerou o placar justo e elogiou a postura de seus atletas dentro das quatro linhas, afirmando que o time precisou se superar e mostrou competência, pois após fazer 2 a 0, levou a virada e teve que correr atrás do prejuízo: “Este resultado nos dá mais tranqüilidade para preparar a equipe para os próximos confrontos, pois vínhamos de quatro derrotas consecutivas e é claro, isso já estava gerando um certo desconforto dentro do time, pois a ausência de pontuação não agrada ninguém, muito menos os jogadores que entram em campo, em primeiro lugar para se divertir, mas é claro, sempre querendo vencer. Por isso, acredito que este empate serve como parâmetro para ganharmos nosso próximo jogo e com isso, deixar de lado a má fase”, disse Baggio.

O Brasilzinho, do técnico Fininho mandou a campo os jogadores Paulinho, Bruno, Tiozão, Negretti (Baggio), Françoise, Fael, Thales, Mussum (Manolo), Gabriel Alferes (Amaral) e Yago (Juninho Cabeça).

Em sua jornada, o Brasilzinho conta com o apoio das empresas:  Bar do Nené Santista (rua Santa Mariana), Top Vidros, Churrascaria do Juca, Café Brasil, Art Mania e Liss Bella.

#MAIS LIDAS DA SEMANA