Filha que procura túmulo da mãe reforça mau atendimento pela administração do cemitério

Em carta aberta o administrador do cemitério responde a munícipe, que insatisfeita veio até a câmara solicitar ajuda dos vereadores.

Concetta Elaine usou o espaço da Tribuna Libvre (Foto: Assessoria/Câmara)

Por solicitação feita ao vereador João da Silva Filho, Timba do DEM, que tem acompanhado o caso sobre a procura de um túmulo no cemitério local,  a senhora Concetta Elaine Alves Flocco teve concessão de espaço para usar a Tribuna Livre e esclarecer os fatos ocorridos entre sua família e a administração do cemitério local.

Durante sua fala e depois sabatinada pelos vereadores a Sra. Concetta, reafirmou ter sido mal atendida e mal orientada com relação ao fato. Esclareceu a munícipe que sua mãe foi enterrada no referido cemitério no dia 17 de janeiro de 2007, tendo sido feito no túmulo apenas o serviço de colocação de contra piso pelo coveiro responsável pela inumação, o qual recebeu o pagamento pelo serviço. Elaine contou que há quatro anos atrás, havia solicitado da administração do Cemitério autorização para  reforma da sepultura, sem obter resposta.

Em carta aberta o administrador do cemitério responde a munícipe, que insatisfeita veio até a câmara solicitar ajuda dos vereadores.

#MAIS LIDAS DA SEMANA