Denúncia sobre carro roubado com bebê dentro em Assis é falsa

Trote de falso roubo de carro com bebê mobilizou usuários do Whatsapp.
O caso, na verdade, além de falso já circula na internet há mais de um ano.

Mensagem que circula pelas redes sociais é falsa (Foto: AssisNews)

A informação que circula pelas redes sociais sobre um suposto furto de carro com um bebê em seu interior na cidade de Assis é falsa. O boato que já circula há tempos na internet ganhou força no município Assisense no final de domingo (01) e durante todo o dia desta segunda-feira (02), quando a mensagem começou a ser compartilhada em aplicativos de celular, como Whatsapp e Facebook. A redação do AssisNews também recebeu inúmeras mensagens sobre o assunto.

“Galera, ajuda a divulgar aí: Roubaram agora na José Bonifácio.. Rua do Detran. um Uno 2006 prata, placa: GZB8905 favor ligar no 98852-8589. O dono esta louco pois levaram o carro com a bebe dele dentro. Repasse rápido, por favor é sério. Repassa quem puder. Repassando de outro grupo….. e vamos orar também pra que nada aconteça a essa criança, bebê tem só 2 meses repassem aí galera… Repassem por favor ñ custa nada ajudar”, diz a falsa mensagem.

O caso, na verdade, além de falso já é antigo. Em julho de 2014 o portal G1 noticiou que a informação era falsa. No mesmo mês, o Gazeta Online, do Espírito Santo, também deu publicidade ao caso para informar que tudo não passava de boataria, assim como outros diversos jornais e portais noticiosos.

Antes mesmo disso, já em abril, a informação circulava pela rede, sendo repassada à exaustão. Uma rápida pesquisa no Google mostra dezenas de resultados de notícias informando que a denúncia não procede, além de revelar que o boato já percorreu vários estados brasileiros.

Já a pesquisa da placa do veículo no Denatran (Departamento Nacional de Trânsito) realmente aponta para um Fiat Uno 2006, porém de cor cinza, roubado na cidade de Divinópolis, em Minas Gerais. No telefone informado na mensagem (sem o DDD), as ligações da equipe do AssisNews não se completaram.

Em Assis, o fato de uma das principais vias da cidade se chamar José Bonifácio colaborou para que a confusão ganhasse força, com muitas pessoas afirmando que o caso teria ocorrido “no Centro, na Rua José Bonifácio”.

#MAIS LIDAS DA SEMANA