🗞📰Como não falar sobre a pandemia? – Por Kalil

Certamente todos estão cansados. A nova rotina que a pandemia nos impôs já há mais de um ano é cansativa: a tristeza diária, o desespero contínuo, a dor insuportável de familiares e amigos que perdem entes queridos para um inimigo tão difícil de ser combatido, deixam tudo ainda mais complexo.

A área médica, profissionais que estão na chamada linha de frente e batalham incansavelmente para superar cada dia um novo desafio, nunca passou por tamanha batalha. Guerra também enfrentada por todos os outros trabalhadores que atuam nos hospitais.

Professores, acostumados ao contato com seus alunos e dedicados a ensinar com a presteza costumeira, estão exaustos por cumprirem as atividades remotas, sem a certeza de que todos do outro lado do computador estão aprendendo.

Comerciantes, responsáveis pela economia dos municípios, nunca pensaram ser tão difícil manter um negócio em pé. Com as medidas restritivas para evitar a proliferação do vírus, as lojas precisaram reduzir horários: os clientes ‘sumiram’, o faturamento caiu, a conta não fecha.

O trabalhador informal, habituado a acordar cedo, recolher seu produto e vender de porta em porta, custa a se acostumar com a decadência em suas vendas. Mas o leite das crianças, o prato na mesa do almoço, não têm paciência.

Representantes do Poder Público também não aguentam mais. Planejamentos falhos, receitas que dão errado, impotência em não conseguir ajudar mais do que podem, seguramente deixam os políticos inquietos.

Caro leitor, ouvinte, espectador, nós, da imprensa, também estamos cansados!

Alguns nos questionam sobre a rotina diária de matérias sobre a Covid-19. Como se quiséssemos realmente noticiar com tanta frequência episódios tão tristes assim.

Não, não queremos. Mas pela força de nossa profissão, precisamos. E além de noticiar, queremos alertar para o que estamos vivendo e pedir a ajuda de toda a população para passarmos por este verdadeiro caos.
Como não falar sobre o Boletim de ontem, que confirmou incríveis nove mortes em apenas 24 horas em decorrência do novo coronavírus?

Cansados, como você, seguimos cumprindo o nosso papel, aguardando pela manchete que irá dizer: todo este pesadelo, enfim, acabou.

Kallil Dib
Kallil Dib

VEJA TAMBÉM

#MAIS LIDAS DA SEMANA