O Brasil e Seus Desmandos

Artigo escrito por Carlos R. Ticiano

O Brasil realmente é um país do “Toma Lá, Dá Cá” disfarçado de terminal eletrônico. Tudo aqui é na base do escambo, do caixa dois, do interesse particular. Tudo tem um objetivo claro, quando se trata de uma negociação ilícita. E de quanto vai ser o valor da comissão, do agrado, do faz me rir, do troco, da mesada, do por baixo do pano, da propina propriamente dita.

Partindo do principio de que nada é de graça, os políticos passam a negociar o país, como se negocia um pé de alface na feira livre, ou seja, sem nenhum escrúpulo. É como se estivessem em uma praça pública, na base do “quem dá mais” pelo Brasil. Pois da forma como agem, faltam até com o decoro, pois se compram de forma descarada o silêncio, a honra, a conduta, a dignidade, a opinião, a moral, a honestidade, o voto…

Nestes encontros discretos e sigilosos, se combina a forma como vão receber o pagamento. Às vezes basta uma conta bancaria em um paraíso fiscal para depositar a propina, outras vezes preferem levar o dinheiro pessoalmente em malas de viagem, em meias soquetes e até em cueca samba-canção.

O jeitinho brasileiro é tão famoso, que atirem a primeira pedra, aqueles que como os políticos, nunca pediram ou aceitaram um favorzinho a seu favor. Sejam nas leis de trânsito, nas licitações de obras, nos gabaritos das provas, na conduta empresarial, no troco dado errado, nas privatizações das estatais, na propaganda enganosa, na divulgação de informações, nas campanhas eleitorais…

Todos têm o seu preço, principalmente os políticos, que recebem em reais, e os doleiros convertem em dólares. Bastava apenas um encontro para negociar e criar um codinome para disfarçar. Como por exemplo – Você já deu alpiste para os “passarinhos”? – Você já pagou o valor do dízimo da “missa”? – Você já fez a inscrição do “corredor”? – Você já enviou um abraço para o “primo”? – Você já preparou o cardápio do “caranguejo”? – Você já indicou um comprimido para o “gripado”? – Você já fez a transferência para o “italiano”? – Você já preparou um drinque para “boca mole”? – Você já levou o leitinho do gato “angorá”? – Você já foi à feira negociar o preço do “caju”? – Você já falou com o “Chefe” hoje?…

O desarranjo emocional em função da delação premiada foi tão grande, que a latrina não suportou e transbordou seus dejetos, o papel higiênico que tinham disponíveis, não foi o suficiente para a limpeza e a água que tinham no reservatório, não conseguiu levar tudo embora.  Agora é agüentar o cheiro ruim que infectou os ares de Brasília e de todo país.

Como diz o refrão da música, interpretada pela Gal Costa, que foi tema de abertura da novela “Vale Tudo” de Gilberto Braga. – Brasil… Mostra tua cara… Quero ver quem paga… Prá gente ficar assim.  Brasil… Qual é o teu negócio?… O nome do teu sócio?… Confia em mim…

VEJA TAMBÉM

Carlos R. Ticiano

Guerras & Epidemias…

Carlos R. Ticiano

A triste realidade…

#MAIS LIDAS DA SEMANA