Admirável Ano Novo…

O sol se foi e num rápido abrir e fechar de nuvens, a chuva chegou e começou a dar início ao primeiro ato de mais uma peça de fim de ano. Uma cena simples, corriqueira, com nuvens invadindo todo o céu azul e transformando toda a cidade em uma verdadeira chuva de pressa, de esperanças, de vaidades, de desejos, de emoções e de guarda-chuvas…

Toda essa pressa, desencadeada pelos preparativos para a festa, acaba muitas vezes, de uma forma frustrante, que normalmente proporcionam apenas alegrias passageiras.  Sair comprando tudo o que se vê pela frente, para esperar a passagem de ano, não é a certeza de que vamos ser felizes.  Muita gente não tem nada, ou quase nada, mas comemoram do mesmo jeito, ou seja, de uma forma simples e feliz com o pouco que tem.

O espetáculo por si só já é gratificante, com a movimentação das pessoas e das crendices para a tão esperada Festa do Réveillon.  São muitos os rituais para a passagem do ano.  Entre eles, vestir uma roupa branca, soltar fogos, comer lentilhas, estourar champanhe, pular com o pé direito, subir escadas, aceder às luzes, aumentar o som…  Mas por que repetir esses gestos todos os anos?…  De fato eles servem para alguma coisa?…

Tudo isso, às vezes não é suficiente para esconder a frustração por não conseguirem realizar os projetos idealizados.  As pessoas vão vivendo simplesmente por viver, como se a vida fosse uma tarefa a cumprir, um caminho obrigatório a seguir.  Quando na realidade deveriam tirar lições da rotina diária, para que pudessem ver quanta coisa bonita acontece ao seu redor, mas que às vezes, por distração, em função da correria do dia a dia, acabam passando despercebido e se perdem no tempo.

Vivam mais tranqüilos, guardem as boas recordações e deixe a enxurrada da chuva carregar tudo que de ruim aconteceu no ano que vai se findar.  Deixe de lado as tristezas, as dúvidas, as saudades e o medo do amanhã, e venha até a janela para dizer adeus ao ano velho que daqui a pouco vai partir e dar lugar á um admirável Ano Novo.

Não troque apenas o calendário da mesa, mas também alguma coisa de lugar, seu modo de pensar, de agir e de relacionar-se com as pessoas.  Que o sol, seja o foco da sua atenção, mas que a lua, não passe despercebida. Todos os dias são mágicos e tudo pode realizar-se, pois nenhum outro dia, será igual ou parecido.  Viva e celebre intensamente cada momento da sua vida. Deseje a todos que encontrar um Bom Dia!…

As nuvens já estão indo embora e no horizonte há um lindo arco-íris, pronto para dar início ao segundo ato de mais uma peça de começo de ano.  E com ele a esperança de trilhar novos caminhos, de buscar novos sonhos, de renovar velhas amizades e até quem sabe, encontrar um novo amor.  O sol voltou, a chuva parou. E hora de agradecer pela chegada de um novo ano, pelo dom da vida e de ir ao encontro de novas expectativas.

VEJA TAMBÉM

Carlos R. Ticiano

Guerras & Epidemias…

Carlos R. Ticiano

A triste realidade…

#MAIS LIDAS DA SEMANA