Brasília, um planeta soberano…

Por Carlos R. Ticiano

Como sempre, na sacada do seu apartamento, vovô Domingos gosta de ficar observando o movimento da rua.  Sempre alegre e disposto, gosta de contar suas histórias, sempre é claro, acrescentadas de uma pitada de humor. Segundo ele…

Em Roma, Calígula (imperador romano) relacionou o nome do seu cavalo de corrida Incitatus na relação dos senadores e considerou até a possibilidade de torná-lo cônsul. Em Brasília, também há políticos querendo nomear seus cavalos, para baterem o ponto, votarem as leis, darem meio expediente e até discursarem em plenário. Acho até que vai faltar alfafa e ferradura para tantos pangarés. No Palácio do Jaburu, tem um que vive empacando, relinchando e dando uma no cravo e outra na ferradura…

Na Itália, Galileu Galilei (cientista e inventor) afirmou que a terra girava em torno do sol e não como dizia a Igreja Católica, que a aterra era o centro do universo.  Por esta teoria, acabou detido pela inquisição e advertido pela igreja. Em Brasília, também há políticos legislando em torno de si mesmo, achando que estão na Via Láctea. Acho até que vai faltar gravidade para tantos astronautas.  No Palácio do Jaburu, tem um que sugere transformar Brasília em um planeta soberano, girando independente pelo Sistema Solar…

Na Turquia, Diógenes (filósofo grego) costumava andar perambulando pelas ruas em plena luz do dia, com uma lanterna nas mãos procurando por homens verdadeiros, sérios e honestos. Em Brasília, também há políticos andando pelos corredores do palácio com uma caneta nas mãos, a procura de um contrato de obras super faturado para assinarem. Acho até que vai faltar caneta para tantas adesões. No Palácio do Jaburu, tem um que de tanto sonhar com malas de dinheiro, tem pesadelos com a Operação Lava Jato…

Na França, Joana d’Arc (mártir francesa) comandou o exercito francês, na batalha para libertar a cidade de Orléans.  Acusada de bruxa, foi queimada viva em plena Praça do Velho Mercado e suas cinzas jogadas no Rio Sena. Em Brasília, também há políticos querendo queimar seus opositores em pleno plenário.  Tal como o Pastor Tim Tones, fumam o cachimbo da paz, batem tambores em terreiros e uivam em noite de lua cheia. Acho até que vai faltar patuá para tantas mandingas.  No Palácio do Jaburu, tem um que esta oferecendo nuvens paradisíacas no céu, com as bênçãos do Senhor…

Em Israel, Sansão (filho do sol) teve seus cabelos cortados por Dalila, enquanto dormia. Depois que ela descobriu que a sua força estavam nos cabelos.  Mesmo cego e amarrado a dois pilares, conseguiu derrubá-los e assim destruir o Templo de Dagôn. Em Brasília, também há políticos deixando os cabelos crescerem para ver se conseguem uma força extra para subjugar seus opositores. Como verdadeiros trogloditas, vivem tirando o microfone no tapa, das mãos dos repórteres.  Acho até que vai faltar peruca para tantos abestado.  No Palácio do Jaburu, tem um que comprou uma peruca loira e vive gritando: Eu tenho a força!…

Qualquer dia desses, eu arrumo um tempinho e volto a conversar com meu avô. Quem sabe ele tem mais uma dessas histórias interessantes e hilárias para contar…

VEJA TAMBÉM

Carlos R. Ticiano

Guerras & Epidemias…

Carlos R. Ticiano

A triste realidade…

#MAIS LIDAS DA SEMANA