Parabéns Oscar Bressane

Oscar Bressane, a aproximadamente 50 Km de Assis, completa 65 anos de vida política

Estatua do Cristo no trevo de Oscar Bressane

Quarta-feira, dia 24 de abril, Oscar Bressane, a aproximadamente 50 Km de Assis, completa 65 anos de vida política, social, cultural, econômica, administrativa…

Num breve histórico dessa maravilhosa cidade, lembramos que em 13 de novembro de 1933 a sua sede foi transferida do Tabajara (São João do Mirante) para Vila Fortuna, nas proximidades da localização da cidade atual. Em 30 de novembro de 1944 foi denomina de “Amarílis”, nome de uma flor típica desta região na época. Mas, foi em 24 de abril de 1948, que a cidade de Oscar Bressane foi fundada, o nome foi dado em homenagem ao assessor de um grupo de deputados que trabalhava pela emancipação política do município, Oscar Augusto de Barros Bressane, que faleceu naquela época, colocou-se o primeiro e o último nome, por isso, Oscar Bressane.

Na antiga Vila Fortuna, atualmente Oscar Bressane, o chefe do executivo é o jovem e dinâmico Marcos Antônio Elias, o vice, conceituado empresário, João Garcia Filho. Na Câmara Municipal de Oscar Bressane há 3 mulheres, um fato inédito para cidade linda flor “Amarílis”. A mais votada dentre todos foi a Leila Aparecida Bonifacio Giroto, Leila Enfermeira que há vários anos presta relevantes serviços no Centro de Saúde; Outra mulher que também trabalha na Unidade de Saúde é Suzana Aparecida de Souza, Suzana do Centro de Saúde, sempre exerceu sua profissão com esmero, jovem e inteligente e tem muito a contribuir com nossa cidade; Outra do sexo forte, Claudineia Sanchez Girotto Ferreira, Néia da Padaria dedicadamente conseguiu como secretária de cultura colocar a cidade de Oscar Bressane no cenário cultural estadual e nacional; Mauricio Edson Camilo, o Maurícinho é de família agropecuária, no momento atual como comerciário; Valdeci Rodrigues de Lima, o Deci é um experiente legislador, arrisco a dizer que é o vereador que mais cargo legislativo assumiu na história bressanense; Pedro Zurano Filho, Pedrinho tem grandes projetos políticos. Homem de ideal e determinação; Rodrigo Mansoleli, jovem e inteligente, foi no seu primeiro mandado um exímio opositor e fiscalizador, cumprindo seu dever de vereador, que é fiscalizar; Antonio Carlos Reginato, Robertinho, funcionário público construiu uma imagem positiva na prestação do serviço público por isto conquistou seu espaço; Salvador Mansoleli Neto, popular “Do”, é professor de educação física na rede estadual e municipal, já foi vice- prefeito de 1992 a 1996. Também já exerceu por vários anos a vereança e vai continuar contribuindo pela cidade. Citamos os administradores e legisladores acima, mas, quem merece os parabéns é a população bressanense.

Os munícipes dessa pacata cidade têm o privilégio singular de desfrutar de uma imensa e linda riqueza natural. Bressane fica localizada por vontade humana numa microbacia geográfica, cercada por belíssima natureza. O local foi privilegiado por escolha dos seus fundadores, para construírem a cidade, mas, no entanto foi abençoado pelo Deus Criador devido sua beleza natural. A impressão é que Deus Pai colocou aquela cidade com a mão naquela local lindo. No entanto, a maior riqueza de Oscar Bressane é o povo: acolhedor, respeitador e educado.

Mesmo em clima de festa, não devo me furtar de criticar o poder público, pois, Oscar Bressane poderia ter turismo que exploraria positivamente a questão da beleza natural da nossa cidade. Ainda há tempo! Quem sabe o turismo rural com nossas belas matas, cachoeiras e ordenha de leites, seja uma solução para o nosso município tonar-se instância turística, com referência regional, estadual, quiçá nacional.

Encerro afirmando que tenho dois orgulhos: o primeiro, ter nascido em Oscar Bressane, o segundo, morar em Assis por opção profissional. Ou seja, meus orgulhos são ser bressanense por nascimento e assisense por escolha.

Parabéns pelos 65 anos de emancipação política de Oscar Bressane. Parabéns povo bressanense. Povo guerreiro sem ser desordeiro. Povo que labuta sem desanimar. Perde a batalha mais não desiste de lutar, por uma cidade melhor, justa e mais igualitária.

PARABÉNS BRESSANENSES!

Professor de Filosofia. Natural de Oscar Bressane e morador em Assis/SP

 

#MAIS LIDAS DA SEMANA