O Natal dos pobres … consumidores

Dá para comprar a felicidade ?, o Natal está acabando ou o consumismo está acabando com o Natal ?

Conversando hoje com minha Sogra, numa dessas conversas sem compromisso, falamos a respeito de um assunto peculiar desta época do ano, lógico o Natal , assunto que acabou sendo estendido em casa com minha namorada e meu filho, mas o que é Natal ?, para alguns época de comprar presentes, para outros arrumar um trabalho, para outros muito trabalho e para alguns, infelizmente a minoria , comemorar o nascimento de Jesus.

Na minha época de infância a gente não via a hora do Natal chegar, contavam-se os dias para receber em casa , os primos, os tios, a vó , enfim era uma festa maravilhosa, o comércio ?, bem este fechava as portas ao meio dia na véspera para que , todos pudessem realizar as suas ceias e encontrar com seus parentes, e só abriam até as 22:00 na ultima semana de dezembro, não sou contra abrir o comercio a noite , sou contra os exageros, porque todos Nós sabemos que o Brasileiro deixa tudo para ultima hora, e na verdade se você abrir a meia noite do Natal, vai ter gente entrando na loja.

O que eu quero dizer com isso, é que o consumismo desenfreado que ferra com o orçamento e endivida o povo, matou o verdadeiro espírito de Natal, quem vai ter ânimo de preparar alguma coisa chegando em casa cansado e estressado, quem vai querer ir à missa do galo ou ao culto de Natal cansado do trabalho, hein ?, Diga , eu estou errado ?

Na verdade, tudo se tornou mecânico e automático no mundo, o supérfluo se tornou o principal, na minha época de infância a 20 e poucos anos atrás, o nosso presente era um carrinho de plástico, para minha irmã uma boneca simples, mas o modo como era oferecido pelo meu saudoso Pai, era o que fazia a diferença, acordávamos cedo e olhávamos embaixo da cama, lá estava o embrulho de presente, era só festa, panetone, macarrão e muita alegria, assistindo a “Estrelinha Mágica” na TV em preto e Branco, e eu lhe garanto que o povo era mais alegre, feliz, o Natal tinha significado, o que hoje não passa de saudade.

Muita gente, vai passar o natal comendo, bebendo se embriagando, se matando, numa busca desenfreada para preencher um vazio enorme na alma, deixado pela falta de amor…

Que neste Natal você, de o presente mais valioso ao seu próximo, aquele, que começa numa mão estendida, e termina num abraço fraterno de amor…

VEJA TAMBÉM

PENSO, LOGO ESCREVO

Não Rumine problemas

#MAIS LIDAS DA SEMANA