Anatel autoriza operadoras a bloquearem celulares piratas

Adeus Celulares Xing Ling Anatel autoriza operadoras a bloquearem celulares piratas

A folia dos celulares piratas, aqueles importados do Paraguai ou de sites espalhados na internet, made in china chegou ao final, a Anatel Agencia Nacional de Telecomunicações deu aval para as operadoras bloquearem o uso desses aparelhos aqui no Brasil, a iniciativa também é uma resposta a ação civil movida em fevereiro de 2011 pelo Ministério Público (MPF) de São Paulo, em Guarulhos.

Levantamento feito pelas operadoras e pela Anatel, a pedido do MPF, identificou que, do total de linhas habilitadas, ao menos 20% faziam chamadas via piratas,o impacto dos celulares piratas ganhou importância para as operadoras após a suspensão de venda de chips pela Anatel no ano passado. A medida foi tomada após aumento do número de reclamações nos Procons e na Anatel, principalmente por queda de chamadas,depois de uma análise dos técnicos, descobriu-se que, em média, 10% das chamadas caem porque são realizadas por aparelhos piratas -prejudicando, assim, os índices de qualidade das teles,alem da chamada prejudicada esses aparelhos podem causar danos a saúde de quem os usa por causa do alto índice de radioatividade e também do risco de explosão da bateria.

COMO É FEITO  O BLOQUEIO ?
Todo aparelho, incluindo os tablets, sai da fábrica com um número de registro chamado IMEI. É o RG ou o chassi do equipamento. O chip, que é habilitado pela operadora, também tem um código, batizado de IMSI.

Assim que um aparelho é ligado, ele transmite às centrais das operadoras os dois números que permitem identificar quem está falando e em que aparelho.

Hoje, essas informações possibilitam, por exemplo, identificar um cliente em roaming internacional. Agora, haverá um cadastro nacional de IMEIs no país que será cruzado com o dos chips (IMSI). Assim, toda vez que um cliente estiver fazendo uma chamada, a operadora saberá se o aparelho é ou não legítimo.

Isso será possível porque também existe um catálogo mundial com todos os IMEIs válidos produzidos pelos diversos fabricantes.

As operadoras sabem que um celular é pirata porque na sua rede eles aparecem como “aviões fantasmas”. Seus sinais são captados pelas antenas, mas sua identidade (RG) não aparece no “radar” das teles. Quando aparece, ela é duplicada (igual à de outro telefone) ou apresenta um número inexistente no catálogo mundial de celulares.

O novo sistema das operadoras cruzará a lista de registros nacionais e estrangeiros para saber qual é autêntico. Caso seja pirata, o sistema decidirá, automaticamente, pelo bloqueio dos sinais,

O resultado é a queda nos preços dos aparelhos xing ling, quem comprar vai ver literalmente seu dinheiro ir pro espaço!

VEJA TAMBÉM

PENSO, LOGO ESCREVO

Não Rumine problemas

#MAIS LIDAS DA SEMANA