A pressa que não tivemos antes

Por Marcos Diniz.

Me admiro a pressa em que a imprensa brasileira tem nas mudanças do Brasil, aliás uma pressa como nunca se viu em anos de outros Governos, querem que anos de má administração pública se resolvam como num passe de mágica.

Mas eu sei o por quê desse descontentamento, dinheiro, isso mesmo, nunca se investiu tanto em propaganda como na era petista, afinal, ter uma imprensa muito bem remunerada lhe garante tranquilidade e a blindagem contra críticas, também garante que situações vexatórias como os discursos de Dilma, querendo estocar vento, saudando a mandioca ou Lula falando que pelotas é exportadora de veados, participando bêbado de um comício antes de ser preso.​

No caso se em qualquer uma dessas passagens fosse o atual Presidente, o caos já estaria mais que instalado, como não há o que falar a imprensa trabalha 24 horas falando que o Governo está em crise, literalmente jogando água para dentro do próprio barco, matérias em cima de matérias denegrindo, distorcendo as palavras e tentando colocar o povo contra o Governo e contra ele mesmo, modo operandis, de quem fora doutrinado, sim, quando em 64 e 75 os movimentos comunistas foram derrotados pelo exército, a única maneira da esquerda sobreviver seria infiltrar-se em faculdades, imprensa e no meio artístico, os mesmo meios que mais se posicionaram contra o atual governo., sim ou não?

Graças a Deus, o exército não foi comprado pelos comunistas, caso contrário estaríamos nós comendo lixo, como nossos irmãos Venezuelanos, mas mesmo assim, muitos garotos barbudos de 40 anos que moram com a mamãe, defendem esse nefasto regime, que causa morte, miséria e dor, pois bem, agora você deve estar entendendo o porque da imprensa ser tão incisiva contra o governo, por causa do dinheiro, que fora distribuído a rodo pelo governo anterior e que agora não tem mais ! ​

O governo federal gastou R$ 2,3 bilhões na veiculação de propaganda em 2013, o maior valor registrado desde 2000, quando o dado começou a ser divulgado. O maior gasto até então (R$ 2,2 bilhões) havia sido registrado em 2009, na gestão do então presidente Luiz Inácio Lula da Silva. As informações são do jornal Folha de S.Paulo.​

Tudo isso encheu o bolso de muitos donos de sites e veículos de comunicação, que fechavam os olhos para os desmandos do governo e só divulgavam coisas positivas, enquanto éramos roubados, tendo nosso dinheiro mandado pra Cuba, Venezuela, Guiné Equatorial e outros países de regime socialista-comunista que matam sua população de fome, então estão com pressa de que aconteçam as coisas, especialmente as ruins para poder falar “EU AVISEI” entenderam? Mas estamos todos no mesmo Barco, se afundar, afundaremos todos, se sair o Capitão, entra o General e esse já deixou muito claro a sua preferência pela cor verde oliva.​

VEJA TAMBÉM

PENSO, LOGO ESCREVO

Não Rumine problemas

#MAIS LIDAS DA SEMANA