Menino lança anzol em fiação elétrica e tem 90% do corpo queimado em pesque-pague

Vítima mora ao lado do pesqueiro, que fica em São José dos Pinhais e estava fechado para clientes. Ele é filho do dono do terreno e costumava pescar nos tanques.

Um menino de 12 anos feriu-se gravemente nesta segunda-feira (5) ao sofrer choque elétrico em um pesque-pague na Estrada do Campestre, em São José dos Pinhais, na Região Metropolitana de Curitiba.

O dono do pesque-pague, Johnny Cristian Slota, diz que o menino pescava em um dos tanques e lançou o anzol em um fio de alta tensão. Ele mora ao lado da represa e é filho do dono do terreno – por isso, costumava ir ao local. O pesqueiro estava fechado para clientes no momento do acidente.

“Isso nunca aconteceu no nosso pesqueiro. Nós só abrimos de terça a domingo, então estávamos fechados hoje. Foi uma fatalidade. Agora, estamos dando toda a assistência que podemos para ele e para a família”, afirma Slota.

Segundo o Corpo de Bombeiros, o menino teve 90% do corpo queimado – inclusive nas vias respiratórias – e foi encaminhado em estado grave ao Hospital do Trabalhador, na capital paranaense.

#MAIS LIDAS DA SEMANA