Um cão da raça pit bull atacou os próprios donos durante um passeio na noite desta terça-feira (27) no Bairro Bonsucesso, em Fortaleza. O estudante Lindemberg Meireles Mendonça, de 21 anos, e a mãe dele, de 43, ficaram graves ferimentos. Uma outra mulher que passava pelo local também ficou ferida. O animal só foi contido após ser atropelado.

Lindemberg informou ao G1 que estava passeando com o cão pela Rua Francisco Domingos, quando o cachorro ficou agressivo e o atacou sem nenhum motivo. O cão feriu gravemente os dois braços do proprietário, que conseguiu fugir para uma residência.

Devido as mordidas, marcas de sangue ficaram espalhadas pelo asfalto, pela calçada e na parede da casa onde o dono se escondeu. Depois, o cão mordeu também a mãe do jovem e outra mulher que passava pelo local.

Cachorro atropelad

Ataque do Pit bull em Fortaleza. Marcas de sangue ficaram espalhadas no asfalto da Rua Francisco Domingos. — Foto: Ricardo Mota/TV Diário

Moradores arremessaram objetos contra o cachorro para impedir mais ataques. Um motorista que passava pelo local atropelou propositalmente o cão que, ferido, parou de atacar as vítimas.

O pit bull de três anos de idade foi levado a uma clínica veterinária, recebeu atendimento e foi levado para casa, onde deve ficar dez dias em observação para análise de comportamento e do estado de saúde.

Os donos foram levados o Hospital Distrital Maria José Barroso de Oliveira, o Frotinha da Parangaba. Após serem atendidos, foram liberados ainda na madrugada desta quarta-feira. Lindenberg Mendonça contou que o cão ficou agressivo de forma repentina e mordeu seu braço.

“Ele tentava dilacerar meu braço. É um animal muito forte, que não larga de jeito nenhum. A minha sorte foi que alguém abriu a porta da casa e eu consegui entrar”, contou.

Cristina Meireles disse que não entendia porque o animal os atacou. Ela afirmou ainda que pensa em sacrificar o cão por ele representar uma ameaça à família.

Assine nossa newsletter

Receba as notícias do AssisNews diretamente em seu email.

VOCÊ PODE GOSTAR

Regra que obriga telemarketing a se identificar ainda tem baixa adesão

Medida entrou em vigor há um mês.

Senado aprova ampliação de divulgação sobre jovens desaparecidos

Projeto volta para análise da Câmara.

Governo lança material para prevenção da peste suína africana

Brasil está livre da doença que não tem cura ou tratamento.