Fique conectado

Brasil

Remédio contra a hepatite C é eficiente no combate à chikungunya em células humanas

Doença é causada por um vírus, transmitido com a ajuda do mosquito Aedes aegypti. Medicamento é aposta também no combate à zika e à febre amarela.

Publicado em

86

Imagem mostra células derivadas de fígado humano. À esquerda, as células estão infectadas pelo vírus da chikungunya. À direita, a infecção foi inibida por ação do Sofosbuvir. — Foto: Agência Fapesp

Uma pesquisa brasileira demonstrou em laboratório que o remédio sofosbuvir, usado e aprovado no combate à hepatite C crônica, também é eficiente no combate à chikungunya nas células humanas infectadas.

O estudo foi feito pelo Instituto de Ciências Biomédicas da Universidade de São Paulo (ICB-USP) e foi divulgado pela agência Fapesp. De acordo com uma das autoras, Rafaela Milan Bonotto, o remédio conseguiu eliminar o vírus sem danificar as células.

Em janeiro de 2017, uma outra pesquisa mostrou que o sofosbuvir também pode agir sobre o vírus da zika. O autor do estudo na época, Thiago Moreno, disse ao Jornal Nacional que há uma semelhança entre as duas doenças: tanto o vírus da zika quando o da hepatite têm uma enzima chamada RNA polimerase. O remédio atua exatamente nessa enzima.

A pesquisa divulgada nesta quinta-feira (8) foi feita sob orientação do professor Lucio Freitas-Junior. Em entrevista ao G1, ele disse que o vírus da zika tem semelhanças com o da chikungunya. Ele adianta que um outro desdobramento será publicado em breve para a atuação contra a febre amarela, outro vírus transmitido pelo mosquito Aedes aegypti e da mesma família de flavivírus.

“Febre amarela e zika são relacionados, são parecidos geneticamente. A chikungunya menos, mas também tem semelhanças”, disse.
Segundo ele, foram testados cerca de 1,5 mil medicamentos contra células infectadas com o vírus da chikungunya.

“A chikungunya é realmente muito difícil. O único resultado positivo que nós tivemos com drogas já aprovadas foi com o sofosbuvir”.

Freitas-Junior explica que, por enquanto, não há uma confirmação sobre como a droga atua em termos moleculares. O que existe é a constatação de que há uma eliminação do vírus e a preservação das células. Assim como na pesquisa feita com a zika, ele acredita que o remédio age na inibição da RNA polimerase.

A chikungunya foi a doença do Aedes que mais matou no Brasil em 2017. Ainda não há uma vacina disponível, nem um medicamento aprovado específico contra o vírus.

Aedes aegypti fêmea é a transmissora da febre amarela, dengue, zika e chikungunya no Brasil — Foto: Pixabay/Divulgação

Patente do sofosbuvir

No final de setembro, a Justiça do Distrito Federal derrubou a patente do sofosbuvir em caráter liminar (provisório). Utilizado no tratamento de hepatite C, a empresa farmacêutica Gilead Pharmasset tem o direito de produção exclusiva do produto.

O juiz Rolando Valcir Spanholo, da 21ª Vara Federal, tomou a decisão após analisar ação popular impetrada pela até então candidata à presidência Marina Silva (Rede) e seu vice, Eduardo Jorge (PV). Eles pediam que fosse concedida uma licença para que o governo ou outras empresas pudessem explorar a patente.

Na prática, a decisão libera o mercado para produzir o medicamento, mas a decisão não trata da habilitação dessas empresas para a produção. A decisão não impede a Gilead de continuar produzindo o remédio, só retira dela a exclusividade de produção.

Na decisão, o juiz citou o alto gasto do Sistema Único de Saúde (SUS)com o medicamento patenteado: quase R$ 1 bilhão por ano.

Brasil

Igreja transmite em rede social momento em que pastor é baleado em culto; assista

Imagens mostram que o homem se coloca na frente do altar no momento em que uma pregação é feita. Ele atira na direção de um dos pastores e o público entra em pânico.

Publicado em

Do G1

A igreja evangélica onde um pastor foi baleado durante o culto neste domingo (11), em Mogi das Cruzes, transmitiu ao vivo por uma rede social o momento em que o homem fez os disparos (assista acima). O pastor foi encaminhado para um hospital, onde passou por cirurgia.

O homem de 30 anos foi detido por fiéis até a chegada da polícia. Ele precisou de atendimento médico e foi levado para o Hospital Luzia de Pinho Melo e, depois, para o 1º Distrito Policial da cidade, onde ficou preso.

As imagens mostram que o atirador está com um capacete em uma mão e com a arma na outra. O homem se coloca na frente do altar, no momento em que uma pregação é feita. Ele atira na direção de um dos pastores. As pessoas que estavam no altar se abaixam e fogem. O público entra em pânico.

O homem faz vários disparos em direção a um dos pastores. Depois, ele é dominado.

A Polícia Militar foi acionada e informou inicialmente que o pastor não corre risco de morte. O G1 apura o estado de saúde dele na unidade de saúde.

A igreja fica na Avenida Lothar Waldemar Hoenne, conhecida como Perimetral.

Segundo a polícia, o homem disse, em um primeiro momento, que entrou no culto para roubar. A arma foi apreendida.

A polícia informou que o suspeito tem passagem por tráfico de drogas e não acredita na versão do suspeito. “A situação foge da característica de um roubo que o indivíduo anuncia o assalto e vai atrás de uma vítima. No crime, o autor chegou atirando na vítima e a todo momento procurava por ela para efetuar o disparo. Agora a Polícia Civil vai colher todas as informações, vai ouvir testemunhas e puxar a vida pregressa de ambos”, explica o capitão da PM Alex Amaral.

O suspeito aguarda a audiência de custódia que vai decidir se ele responde em liberdade ou não.

Continue lendo

Brasil

Acidente mata jovens que estavam a caminho do Enem na PR-317 no Paraná

Colisão aconteceu na PR-317 entre Astorga e Iguaraçu. Vítimas moravam em Santa Fé.

Publicado em

Do 24h
(Foto: Colaboração / WhatsApp)

Um grave acidente deixou 5 mortos na PR-317 entre Astorga e Iguaraçu, no Paraná, no final da manhã deste domingo (11). A colisão aconteceu no município de Munhoz de Melo, no norte do Paraná. Três das vítimas fatais eram jovens que estavam a caminho de Maringá, onde fariam o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem).

Conforme a Polícia Rodoviária Estadual (PRE), um Fiat Uno ocupado por cinco pessoas que estava no sentido Maringá bateu de frente com outro automóvel. Um terceiro veículo que vinha logo atrás do Uno também acabou envolvido no acidente.

Quatro ocupantes do Uno morreram na hora. Entre as vítimas estão mãe e o casal de filhos, de 18 e 25 anos. O quinto ocupante do automóvel foi levado de helicóptero ao Hospital Universitário de Maringá, onde está internado em estado grave. Todas as vítimas moram em Santa Fé, na região norte.

O motorista do outro carro, que bateu de frente com o Uno, ainda não foi identificado. Ele morreu no local da colisão, antes da chegada dos socorristas.

Já no terceiro automóvel envolvido, ninguém se feriu. No veículo estavam os pais e três filhos, que também fariam o Enem em Maringá. A família também é moradora de Santa Fé.

(Foto: Colaboração / WhatsApp)

Continue lendo

Brasil

Paciente morre após ambulância bater contra dois caminhões na BR-153, em Goiás

Durante acidente, carga de produto tóxico ficou espalhado pela pista e foi preciso interditar a rodovia.

Publicado em

Do G1
Paciente morre após ambulância bater contra dois caminhões na BR-153, em Ceres — Foto: PRF/Divulgação

Um jovem de 27 anos que era transportado em uma ambulância morreu na madrugada deste domingo (11) após o veículo bater contra dois caminhões na BR-153, em Ceres, no centro de Goiás. No acidente, uma carga de produto químico ficou esparramado na pista, que foi interditada.

O acidente aconteceu por volta de 5h. “O motorista da ambulância bateu na traseira de um caminhão e invadiu a pista contrária, colidindo com outro caminhão que transportava a carga perigosa. Em seguida, a ambulância saiu da pista. O paciente morreu e o condutor ficou ferido”, disse o inspetor Newton Morais, assessor de imprensa da Polícia Rodoviária Federal.

O primeiro caminhão atingido pela ambulância não foi localizado. A suspeita é que ele não tenha percebido o impacto. Já o condutor do outro veículo de carga não se feriu.

A identidade da vítima e do condutor da ambulância não foram divulgados pela PRF. O jovem que morreu era transportado de Amaralina para Anápolis. O motorista foi socorrido pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e levado para Uruaçu.

“Não sabemos ainda a causa do acidente, se foi sono, se foi uma ultrapassagem irregular”, disse o inspetor da PRF. A rodovia segue interditada até as 10h15. Como a carga de nitrato de amônia ficou espalhada pela pista, a polícia ainda espera a chegada da empresa dona da carga para fazer a limpeza adequada.

Continue lendo
Solutudo 300
WhatsAssp AssisNews
Publicidade

FaceNews

Mais lidas