Fique conectado

Brasil

Remédio contra a hepatite C é eficiente no combate à chikungunya em células humanas

Doença é causada por um vírus, transmitido com a ajuda do mosquito Aedes aegypti. Medicamento é aposta também no combate à zika e à febre amarela.

Publicado em

229

Imagem mostra células derivadas de fígado humano. À esquerda, as células estão infectadas pelo vírus da chikungunya. À direita, a infecção foi inibida por ação do Sofosbuvir. — Foto: Agência Fapesp

Uma pesquisa brasileira demonstrou em laboratório que o remédio sofosbuvir, usado e aprovado no combate à hepatite C crônica, também é eficiente no combate à chikungunya nas células humanas infectadas.

O estudo foi feito pelo Instituto de Ciências Biomédicas da Universidade de São Paulo (ICB-USP) e foi divulgado pela agência Fapesp. De acordo com uma das autoras, Rafaela Milan Bonotto, o remédio conseguiu eliminar o vírus sem danificar as células.

Em janeiro de 2017, uma outra pesquisa mostrou que o sofosbuvir também pode agir sobre o vírus da zika. O autor do estudo na época, Thiago Moreno, disse ao Jornal Nacional que há uma semelhança entre as duas doenças: tanto o vírus da zika quando o da hepatite têm uma enzima chamada RNA polimerase. O remédio atua exatamente nessa enzima.

A pesquisa divulgada nesta quinta-feira (8) foi feita sob orientação do professor Lucio Freitas-Junior. Em entrevista ao G1, ele disse que o vírus da zika tem semelhanças com o da chikungunya. Ele adianta que um outro desdobramento será publicado em breve para a atuação contra a febre amarela, outro vírus transmitido pelo mosquito Aedes aegypti e da mesma família de flavivírus.

“Febre amarela e zika são relacionados, são parecidos geneticamente. A chikungunya menos, mas também tem semelhanças”, disse.
Segundo ele, foram testados cerca de 1,5 mil medicamentos contra células infectadas com o vírus da chikungunya.

“A chikungunya é realmente muito difícil. O único resultado positivo que nós tivemos com drogas já aprovadas foi com o sofosbuvir”.

Freitas-Junior explica que, por enquanto, não há uma confirmação sobre como a droga atua em termos moleculares. O que existe é a constatação de que há uma eliminação do vírus e a preservação das células. Assim como na pesquisa feita com a zika, ele acredita que o remédio age na inibição da RNA polimerase.

A chikungunya foi a doença do Aedes que mais matou no Brasil em 2017. Ainda não há uma vacina disponível, nem um medicamento aprovado específico contra o vírus.

Aedes aegypti fêmea é a transmissora da febre amarela, dengue, zika e chikungunya no Brasil — Foto: Pixabay/Divulgação

Patente do sofosbuvir

No final de setembro, a Justiça do Distrito Federal derrubou a patente do sofosbuvir em caráter liminar (provisório). Utilizado no tratamento de hepatite C, a empresa farmacêutica Gilead Pharmasset tem o direito de produção exclusiva do produto.

O juiz Rolando Valcir Spanholo, da 21ª Vara Federal, tomou a decisão após analisar ação popular impetrada pela até então candidata à presidência Marina Silva (Rede) e seu vice, Eduardo Jorge (PV). Eles pediam que fosse concedida uma licença para que o governo ou outras empresas pudessem explorar a patente.

Na prática, a decisão libera o mercado para produzir o medicamento, mas a decisão não trata da habilitação dessas empresas para a produção. A decisão não impede a Gilead de continuar produzindo o remédio, só retira dela a exclusividade de produção.

Na decisão, o juiz citou o alto gasto do Sistema Único de Saúde (SUS)com o medicamento patenteado: quase R$ 1 bilhão por ano.

Brasil

Mulher que virou meme ao ser “engolida” por portão faz comercial

Na propaganda, advogada de 62 anos questiona os que estão assistindo: “Acharam que eu fosse ficar de fora, né?”.

Publicado em

Do Metrópoles
REPRODUÇÃO
REPRODUÇÃO

O canal Telecine publicou nesta quinta-feira (14) nova campanha publicitária, divulgando sua versão de streaming, onde seus usuários podem assistir seus programas pela internet. A empresa convidou para estrelar a peça a “dona Marilene”, de Goiânia, que foi “engolida” por um portão e virou meme.

No comercial, a senhora é mais uma vez engolida pelo portão, mas, desta vez, é levada para uma sala confortável com uma televisão. E então, dona Marilene questiona os que estão assistindo: “Acharam que eu fosse ficar de fora, né?”.

Segundo o portal Extra, ela ficou feliz com o resultado dos comercial: “Fiquei muito feliz com o convite. Se eu me deparasse com um sofá e uma TV com acesso ao streaming no dia em que fiquei presa na garagem, a situação teria sido muito mais confortável”.

A advogada Marilene Oliveira, de 62 anos ficou conhecida das redes sociais após ter sido “engolida” por um portão eletrônico e parado dentro da casa de um desconhecido. O caso aconteceu no dia 4 de outubro, em Goiânia.

Continue lendo

Brasil

Por ciúmes, homem agride obstetra da mulher durante parto e é preso, em SC

Hospital afirma que agressor avisou ao médico “que não tocasse na mulher quando ele não estivesse por perto”. Ele foi preso em flagrante.

Publicado em

Com informações da Crescer
Por ciúmes, homem agride obstetra da mulher durante parto e é preso, em SC

Um homem foi preso nesta quarta-feira (13) após agredir um médico obstetra durante o atendimento a uma paciente em trabalho de parto. O caso aconteceu no Hospital e Maternidade Marieta Konder Bornhausen, em Itajaí, Santa Catarina. De acordo com a Divisão de Investigação Criminal (DIC), a agressão foi motivada por ciúmes.

Por meio de nota, o hospital afirma que o homem “já teria avisado ao médico que não tocasse na mulher dele quando ele não estivesse por perto”.

“Contudo, ela entrou em trabalho de parto e o marido estava trabalhando. Quando ele chegou na unidade de saúde, partiu para cima do obstetra, agredindo”, continua a nota.

O Hospital informou que o médico sofreu lesões graves e precisou ser submetido a uma cirurgia reconstrutiva da face. “A paciente foi atendida dentro dos protocolos do Ministério da Saúde (MS). A maternidade tomará todas as medidas para dar suporte ao médico agredido, e para que o agressor suporte as consequências legais dessa atitude”, conclui a nota.

Agressor preso

Segundo a polícia, o agressor é professor de luta e possui registros policiais por ameaça e lesão corporal. Ele foi preso em flagrante e levado pra central de Plantão Policial (CPP), de Itajaí.

Continue lendo

Brasil

MP aumenta jornada de trabalho e bancos deverão abrir aos sábados

Atualmente, os bancários cumprem seis horas por dia. Com novas regras, terão que trabalhar durante oito horas, com exceção dos caixas.

Publicado em

Metrópoles
DIVULGAÇÃO
DIVULGAÇÃO

O presidente da República, Jair Bolsonaro (PSL), assinou uma Medida Provisória (MP) com incentivos para a contratação de jovens. Contudo, o texto também modifica a jornada de trabalho dos bancários. Agora, as agências devem abrir aos sábados.

A medida altera trechos da legislação trabalhista e passa a definir que apenas os caixas de bancos terão direito a jornada de trabalho de seis horas diárias. Qualquer outro cargo terá expediente normal, de oito horas por dia.

Atualmente, todos que trabalham em bancos têm jornada de trabalho de seis horas diárias (30 horas semanais).

Por se tratar de uma medida provisória, as regras já estão em vigor, mas ainda precisam passar por votações no Congresso.

Veja trecho da MP:

Continue lendo
WhatsAssp AssisNews
Publicidade

FaceNews

Mais lidas