Fique conectado

Brasil

Médica embriagada que provocou série de acidentes paga fiança e vai responder em liberdade

Juiz arbitrou fiança de R$ 7,5 mil em audiência de custódia neste domingo (2); no dia anterior, Ligia Capellari, de 56 anos, causou uma série de acidentes que deixou seis pessoas feridas em Campinas (SP).

Publicado em

410

Moto atingida por carro de mulher embriagada em Campinas — Foto: Wesley Justino/EPTV

A médica de 56 anos que dirigia embriagada e provocou uma série de acidentes que deixou seis pessoas feridas em Campinas (SP) vai responder pelo caso em liberdade. Segundo apurado pela EPTV, afilliada TV Globo, na audiência de custódia neste domingo (2) o juiz arbitrou fiança de R$ 7,5 mil. O G1 tentou contato com Ligia Capellari, sem sucesso.

A médica foi detida e autuada no sábado (1) por lesão corporal culposa e embriaguez ao volante. De acordo com a Polícia Militar Rodoviária, o teste de bafômetro apontou 0,98 miligramas de álcool por litro de ar expelido.

De acordo com o boletim de ocorrência, a médica apresentava diversos sinais de embriaguez, tais como “odor, fala pastosa, desequilíbrio e olhos avermelhados”.

Pela legislação brasileira, quando o teste supera 0,34mg o motorista é autuado por crime de trânsito. Em caso de lesões corporais graves ou gravíssimas, a punição varia de 2 a 5 anos de prisão.

O acidente

No registro do boletim de ocorrência, consta que, por volta das 17h, a médica bateu na lateral de um carro e fugiu. Ela saiu da Rodovia Santos Dumont (SP-075) em direção à Rodovia Miguel Melhado (SP-324) e a motorista do carro atingido passou a seguir o veículo para anotar a placa.

Segundo o registro, na altura do Km 90 da Rodovia Miguel Melhado, no bairro Campo Belo, Ligia atropelou um motociclista de 27 anos. O rapaz sofreu uma fratura e terá de passar por cirurgia em dez dias.

Helicóptero Águia fez o resgate de policial atropelado por médica embriagada em Campinas (SP) — Foto: Wesley Justino/EPTV

Na sequência, de acordo com as informações do boletim de ocorrência, a médica atropelou outro motociclista, um policial militar de 21 anos, que fazia o patrulhamento no bairro. O PM foi levado pelo helicóptero Águia ao HC da Unicamp. A unidade médica não forneceu o estado de saúde.

Com o impacto do atropelamento do PM, a moto do policial atingiu uma senhora de 61 anos com suas três netas, de 8, 9 e 10 anos. Ela retornavam para casa quando foram atingidas pelo veículo. As vítimas foram socorridas à UPA São José com escoriações e já receberam alta.

O G1 tentou localizar a médica Ligia Capellari para comentar o caso, sem sucesso.

Brasil

Acidente entre quatro caminhões e um carro deixa dois feridos na BR-116

Situação foi na manhã desta terça-feira (19). Até a publicação desta reportagem, o tráfego havia sido liberado em meia pista.

Publicado em

Do G1
Acidente entre quatro caminhões e um carro deixa dois feridos na BR-116 — Foto: PRF

Um acidente envolvendo quatro caminhões e um carro deixou duas pessoas feridas por volta das 7h, em Campo do Tenente, na BR 116, km 184.

Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), um dos caminhões com placas de Angelina (SC) perdeu o controle e tombou. Ele estava carregado de tubulações, o que fez com que interditasse totalmente a pista, sentido Curitiba. Até a publicação desta reportagem, o tráfego havia sido liberado em meia pista.

Segundo a PRF, outro caminhão com placas de Flores da Cunha (RS), carregado de concreto, não viu o acidente e acabou batendo com os outros veículos.

Acidente entre quatro caminhões e um carro deixa dois feridos na BR-116 (Foto: PRF)

Os dois feridos foram encaminhadas ao Hospital de Mafra, em Santa Catarina, com ferimentos moderados. Um deles era motorista do carro e o outro prestava atendimento à ocorrência e sofreu escoriações no joelho, segundo a PRF.

De acordo com a polícia, estão envolvidos no acidente dois caminhões, sendo um de Mafra -SC e um de Rio Negro – PR, duas carretas, uma de Lages -SC e outra de Flores da Cunha – RS, e um carro de passeio.

Até a publicação desta reportagem, a PRF fazia a limpeza da pista no local.

Acidente entre quatro caminhões e um carro deixa dois feridos na BR-116 — Foto: PRF

Pista totalmente interditada no km 184 — Foto: Arteris Planalto Sul

Continue lendo

Brasil

Jovem com depressão tira a própria vida com tiro na boca em Rondônia

Publicado em

Do Portal de Rondônia
com informações de Cristiano Lira
Jovem com depressão tira a própria vida com tiro na boca em Rondônia (Foto: Reprodução)

Um jovem de apenas 26 anos de idade acabou tirando a sua própria vida na noite deste domingo (17), na Rua Esperantina, bairro Centenário, em Rolim de Moura (RO).

A vítima identificada como, Mário Ambrósio de Paula, havia vindo do estado do Espirito Santo a pouco mais de um ano, e residia em um apartamento na referida rua com a sua mãe.

No inicio da noite ele entrou no banheiro do apartamento e de posse de um rifle de fabricação caseira e calibre .22, disparou um tiro na região de sua boca, vindo a óbito no local.

A mãe abalada com a cena do crime, teve que ser retirada do apartamento.
O jovem trabalhava em uma empresa de designer gráfico da cidade e era muito querido por todos. Colegas de trabalho relataram que o jovem tinha um comportamento sempre quieto.

Os seus familiares, relataram que o mesmo estava passando por problemas depressivos. Ainda durante do dia, Mário havia usado o WhatSapp e pedido para a sua tia que cuidasse de sua mãe.

A Polícia Militar foi acionada e apreendeu a arma do crime, em seguida a Perícia Criminal esteve no local realizando os trabalhos de praxes, sendo liberado o corpo a pedido da família para uma funerária da cidade de Santa Luzia, onde será velado e enterrado.

Jovem com depressão tira a própria vida com tiro na boca em Rondônia (Foto: Reprodução)

Continue lendo

Brasil

Mãe atira bebê recém-nascida de prédio no RN após esconder gravidez

Mulher de 22 anos foi presa em flagrante. Fato ocorreu na tarde deste domingo (17).

Publicado em

Do NM
Uma equipe do Instituto Técnico-Científico de Perícia realizou a remoção do corpo da recém-nascida, que foi arremessada de prédio pela própria mãe.

A mãe de uma criança recém-nascida foi presa após jogar o bebê do 3ª andar de um prédio em Mossoró (RN) na tarde deste domingo (17). Segundo a polícia, o caso aconteceu em um condomínio residencial localizado no bairro Planalto Treze de Maio.

Em uma das janelas do imóvel é possível verificar marcas de sangue em imagens que circularam nas redes sociais. O caso mobilizou a Polícia Militar de Mossoró na tarde de ontem e uma equipe do Instituto Técnico-Científico de Perícia (Itep) esteve no local para realizar a perícia do criminal.

Já na delegacia, no início da noite, a mulher confessou o crime e deu detalhes de como fez para matar a própria filha ao jogá-la da janela do prédio. A mulher admitiu que estava grávida e disse que teve a criança sozinha no banheiro do próprio apartamento.

A acusada, de 22 anos, tentou justificar o ato, afirmando que a filha já estava morta. Contudo, a perícia constatou que a criança nasceu viva e morreu em decorrência da queda.

A mãe foi autuada em flagrante pela Polícia Civil por homicídio qualificado e encaminhada a uma unidade do sistema prisional do Estado. No entanto, a autuação poderá ser revertida para o crime de infanticídio, que ocorre quando a mãe mata o filho recém-nascido durante o estado puerperal, nome técnico para o que popularmente é conhecido como depressão pós-parto.

Continue lendo
WhatsAssp AssisNews
Solutudo 300
Publicidade

FaceNews

Mais lidas