Fique conectado

Brasil

Homem é morto a golpes de facão após agredir mulher em Porto Velho

Vítima teve a casa invadida pelos assassinos. Minutos antes do crime, vítima agrediu mulher em um bar.

Publicado em

180

Corpo foi removido ao Instituto Médico Legal para o trabalho da perícia — Foto: Foto ilustrativa/Toni Francis/G1

Um homem de 38 anos foi morto a golpes de facão depois de agredir uma mulher em um bar, durante esta semana, na zona rural de Porto Velho. Conforme a Polícia Militar (PM), a vítima estava na residência onde morava, quando o local foi invadido por pessoas armadas com facão. Nenhum suspeito foi identificado pela polícia.

O caso aconteceu na Linha 28 da comunidade Bom Será, área rural da capital. De acordo com registro policial, pouco antes de ser morto, a vítima estava em uma festa, em um bar.

Em dado momento, ele se desentendeu com a mulher que o acompanhava e a agrediu. Algumas pessoas, que estavam no bar, aguardaram quando o homem foi embora e o seguiram.

Minutos depois de entrar na casa onde residia, o homem foi surpreendido pelos assassinos, que arrebentaram a porta e atacaram o morador a golpes de facão. Testemunhas disseram à Polícia Militar que a vítima morava na região há apenas seis meses.

O caso é investigado pela Delegacia de Homicídios.

Brasil

Mulher que virou meme ao ser “engolida” por portão faz comercial

Na propaganda, advogada de 62 anos questiona os que estão assistindo: “Acharam que eu fosse ficar de fora, né?”.

Publicado em

Do Metrópoles
REPRODUÇÃO
REPRODUÇÃO

O canal Telecine publicou nesta quinta-feira (14) nova campanha publicitária, divulgando sua versão de streaming, onde seus usuários podem assistir seus programas pela internet. A empresa convidou para estrelar a peça a “dona Marilene”, de Goiânia, que foi “engolida” por um portão e virou meme.

No comercial, a senhora é mais uma vez engolida pelo portão, mas, desta vez, é levada para uma sala confortável com uma televisão. E então, dona Marilene questiona os que estão assistindo: “Acharam que eu fosse ficar de fora, né?”.

Segundo o portal Extra, ela ficou feliz com o resultado dos comercial: “Fiquei muito feliz com o convite. Se eu me deparasse com um sofá e uma TV com acesso ao streaming no dia em que fiquei presa na garagem, a situação teria sido muito mais confortável”.

A advogada Marilene Oliveira, de 62 anos ficou conhecida das redes sociais após ter sido “engolida” por um portão eletrônico e parado dentro da casa de um desconhecido. O caso aconteceu no dia 4 de outubro, em Goiânia.

Continue lendo

Brasil

Por ciúmes, homem agride obstetra da mulher durante parto e é preso, em SC

Hospital afirma que agressor avisou ao médico “que não tocasse na mulher quando ele não estivesse por perto”. Ele foi preso em flagrante.

Publicado em

Com informações da Crescer
Por ciúmes, homem agride obstetra da mulher durante parto e é preso, em SC

Um homem foi preso nesta quarta-feira (13) após agredir um médico obstetra durante o atendimento a uma paciente em trabalho de parto. O caso aconteceu no Hospital e Maternidade Marieta Konder Bornhausen, em Itajaí, Santa Catarina. De acordo com a Divisão de Investigação Criminal (DIC), a agressão foi motivada por ciúmes.

Por meio de nota, o hospital afirma que o homem “já teria avisado ao médico que não tocasse na mulher dele quando ele não estivesse por perto”.

“Contudo, ela entrou em trabalho de parto e o marido estava trabalhando. Quando ele chegou na unidade de saúde, partiu para cima do obstetra, agredindo”, continua a nota.

O Hospital informou que o médico sofreu lesões graves e precisou ser submetido a uma cirurgia reconstrutiva da face. “A paciente foi atendida dentro dos protocolos do Ministério da Saúde (MS). A maternidade tomará todas as medidas para dar suporte ao médico agredido, e para que o agressor suporte as consequências legais dessa atitude”, conclui a nota.

Agressor preso

Segundo a polícia, o agressor é professor de luta e possui registros policiais por ameaça e lesão corporal. Ele foi preso em flagrante e levado pra central de Plantão Policial (CPP), de Itajaí.

Continue lendo

Brasil

MP aumenta jornada de trabalho e bancos deverão abrir aos sábados

Atualmente, os bancários cumprem seis horas por dia. Com novas regras, terão que trabalhar durante oito horas, com exceção dos caixas.

Publicado em

Metrópoles
DIVULGAÇÃO
DIVULGAÇÃO

O presidente da República, Jair Bolsonaro (PSL), assinou uma Medida Provisória (MP) com incentivos para a contratação de jovens. Contudo, o texto também modifica a jornada de trabalho dos bancários. Agora, as agências devem abrir aos sábados.

A medida altera trechos da legislação trabalhista e passa a definir que apenas os caixas de bancos terão direito a jornada de trabalho de seis horas diárias. Qualquer outro cargo terá expediente normal, de oito horas por dia.

Atualmente, todos que trabalham em bancos têm jornada de trabalho de seis horas diárias (30 horas semanais).

Por se tratar de uma medida provisória, as regras já estão em vigor, mas ainda precisam passar por votações no Congresso.

Veja trecho da MP:

Continue lendo
WhatsAssp AssisNews
Publicidade

FaceNews

Mais lidas