Fique conectado

Brasil

VW vai recomprar 194 carros vendidos no Brasil “sem registro de liberação”

Recall: falha em controle de peças levará fabricante a procurar donos de Gol, Golf, Polo e outros 11 modelos para recompra. Veja lista completa.

Publicado em

303

Algumas unidades do Gol, de quatro anos-modelos diferentes, estão envolvidas no chamado (Divulgação/Volkswagen)

A Volkswagen anunciou nesta quarta-feira (30) um recall um tanto inusitado. O fabricante pretende recolher de circulação 194 veículos, de 14 modelos diferentes, que teriam sido comercializados “sem registro de liberação”.

Para isso, fará a recompra dos carros envolvidos, pagando o preço cheio da Tabela Fipe.

Trata-se de unidades chamadas pré-série, produzidas com intuito de refinar o maquinário da linha de montagem, que acabaram indo parar nas mãos de consumidores.

A empresa afirma que “a venda de veículos pré-série não é ilegal”, mas que “não possui o histórico de rastreamento de todas as peças” dos exemplares envolvidos, e por isso tomou a medida.

“Devido à falta de documentação técnica interna de montagem do veículo, não é possível assegurar que as unidades em questão atendam aos padrões e regulamentos exigidos. Há risco de falha de funcionamento de componentes e sistemas”, diz a marca em comunicado.

Os veículos foram produzidos entre 2008 e 2017, e pertencem a modelos tanto nacionais quanto importados. São eles: Gol, Voyage, Saveiro, Parati, Up!, Fox, Polo, Polo Sedan, Golf, Tiguan, Passat, Passat Variant, Touareg e CC.

Ainda de acordo com a Volkswagen, “não há registro de quaisquer acidentes ou lesões que poderiam ser atribuídos à existência de componentes sem registro de liberação nos veículos em questão”.

A companhia promete entrar em contato com os proprietários dos automóveis afetados, “pois nem todos os veículos do intervalo estão afetados”. Confira abaixo a tabela com os modelos, ano-modelo e códigos alfanuméricos (não sequenciais) de chassis:

Modelo Ano-modelo Chassis (não sequenciais)
Gol 2010, 2011, 2014 e 2016 AP012368 até GP185049
Voyage 2010 9BWDB05U0AT034050
9BWDA45U5AT035060
9BWDB45U4AT039887
Saveiro 2009, 2015, 2017 e 2018 9P082682 até JP100759
Parati 2009 e 2011 9BWGB45W69P083389
9BWGB05W3BP000001
9BWGB05W0BP025342
Up! 2014 ET500039 até ET500077
Fox/CrossFox 2015 a 2018 F4001762 até J4000040
Polo 2009 a 2011; 2014 9BWAB49N69P019666
9BWAB49N79P020017
9BWAE49N8AP000001
9BWDB49N0BP000002
9BWAB49N5EP000004
Polo Sedan 2009 e 2014 9BWJB49NX8P038428
9BWJB49N28P038679
9BWDE49N79P000015
9BWDB49N7EP000003
Golf 2015 a 2017 FW094744 até H4000452
Tiguan 2013 e 2015 WVGSV65N4DW014306
WVGSV65N3DW519611
WVGSV65NXFW016449
Passat 2013 WVWMG83C7DP009759
WVWMG83C0DP010154
Passat Variant 2013 WVWRG83C6DE019104
Touareg 2013 e 2015 WVGVF67P7DD011212
WVGVF67P0DD011214
WVGVF67P9FD000280
WVGVE67P3FD004165
WVGVF67P5FD004388
CC 2013 e 2016 WVWBC63C7DE519774
WVWBC63C2DE520427
WVWBC63C8DE521226
WVWBD63C2GE508067

Para mais informações o fabricante disponibiliza o telefone 0800019 8866 e o site oficial.

Brasil

Sete pessoas morrem em três acidentes em estradas do Paraná

Em uma das batidas, envolvendo dois carros, cinco pessoas – entre elas um casal e um filho de seis anos – morreram e duas ficaram feridas; batida aconteceu no sábado (18), em Salto do Lontra.

Publicado em

Do G1
Na batida em Salto do Lontra, um casal e um filho de seis anos, que estava em um dos carros, morreram no local — Foto: Ivânia Bonatto/Diário da Informação

Sete pessoas morreram e ao menos cinco pessoas ficaram feridas em três acidentes registrados em rodovias do sudoeste do Paraná entre a tarde e o início da noite de sábado (18).

O primeiro acidente aconteceu às 16h, na PR-281, em Renascença, quando uma moto bateu na traseira de uma carreta bitrem.

De acordo com a Polícia Rodoviária Estadual (PRE), o piloto da motocicleta, de 26 anos, morreu no local. A passageira, de 19 anos, teve ferimentos graves.

Salto do Lontra

Pouco depois, por volta das 17h45, um acidente entre dois carros com placas de Santa Izabel do Oeste deixou cinco mortos e dois feridos. A batida aconteceu em um trecho da PR-281 próximo a Salto do Lontra.

Com o impacto, os dois veículos foram parar em um barranco às margens da rodovia.

Três dos mortos, um casal e um filho, estavam em um dos carros: o motorista, de 27 anos, a mulher, de 28 anos, e um menino de seis anos. Os corpos foram liberados por volta das 10h deste domingo (19).

Já do outro veículo, morreram o motorista, de 35 anos, e uma passageira, de 30 anos. Dois ocupantes, de dois e 27 anos, foram socorridos e levados ao hospital.

São Jorge do Oeste

O último acidente aconteceu pouco depois das 19h, também na PR-281, em São Jorge do Oeste.

De acordo com a PRE, o motorista do carro com placas de São Jorge do Oeste, de 56 anos, morreu ao bater de frente em outro, de São Luís (MA), em uma curva, onde a ultrapassagem é proibida.

Os dois ocupantes do automóvel do nordeste e que moram em Dois Vizinhos tiveram ferimentos considerados moderados e foram encaminhados ao hospital.

De acordo com a PRE, os dois veículos bateram de frente em um trecho de curva da rodovia, onde a ultrapassagem é proibida — Foto: Ivânia Bonatto/Diário da Informação

Continue lendo

Brasil

Motociclista morre após acidente com caminhão na BR-376

Moto parou embaixo de um dos rodados do caminhão na manhã desta quinta-feira (16).

Publicado em

Do G1

Moto parou embaixo de um dos rodados de caminhão em Maringá — Foto: Reprodução/RPC

Um motociclista morreu em um acidente na BR-376, em Maringá, no norte do Paraná, na manhã desta quinta-feira (16).

De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), testemunhas contaram que o motociclista foi trocar de faixa e bateu na lateral de um caminhão.

Com o impacto, a motocicleta parou embaixo do rodado do caminhão. O homem, de 41 anos, não resistiu aos ferimentos e morreu no local. O corpo foi levado ao Instituto Médico-Legal (IML) de Maringá.

Após o acidente, o trânsito no trecho chegou a ser bloqueado para o atendimento.

Motociclista de 41 anos morreu após acidente na BR-376 — Foto: Reprodução/RPC

Continue lendo

Brasil

Mulher entra em trabalho de parto em calçada e bebê nasce com ajuda de homem que passava pela rua, no Paraná

Criança nasceu enquanto equipe do Samu estava a caminho da ocorrência, em Maringá; médico que trabalha na central de regulação auxiliou o procedimento por telefone.

Publicado em

Do G1
Mulher deu à luz no meio da rua em Maringá — Foto: Reprodução/RPC

Uma mulher entrou em trabalho de parto na calçada de uma rua de Maringá, no norte do Paraná, e contou com a ajuda de um homem, até então, desconhecido, para dar à luz o bebê. A criança nasceu enquanto o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) estava a caminho.

O caso aconteceu na tarde de quinta-feira (9) no bairro Conjunto Requião. De acordo com o Samu, um médico que estava trabalhando na central de regulação auxiliou o procedimento pelo telefone.

O gestor imobiliário Reginaldo Chiquetti, de 45 anos, foi quem ajudou a grávida. Ele conta que estava passando pelo local a trabalho, quando o marido da jovem pediu por ajuda.

Reginaldo afirmou que foi até onde estava a mulher, de 23 anos, e chamou o Samu. No entanto, enquanto a ambulância estava a caminho, a bolsa se rompeu e a grávida disse que o bebê iria nascer.

“Nunca esperava por isso. A minha intenção era de chamar a ambulância. Não tinha outra alternativa a não ser fazer o parto mesmo”, contou o gestor imobiliário.
Segundo Reginaldo, toda a ação durou cerca de 10 minutos. Após o parto, outras pessoas se aproximaram para ajudar. Assim que a ambulância chegou, o cordão umbilical foi cortado, e o bebê recebeu os primeiros atendimentos junto com a mãe.

Apesar do nervosismo, Reginaldo contou que deu tudo certo. “Foi emocionante na hora. Foi por Deus mesmo”, disse.

A mulher deu à luz um menino. De acordo com o Samu, o parto estava previsto para o dia 15 de maio. A mãe e o bebê foram levados para um hospital em Sarandi, que também fica no norte do estado, e passam bem.

Quando equipe do Samu chegou ao local, criança já havia nascido — Foto: Samu/Divulgação

Continue lendo
Silvana lopes
WhatsAssp AssisNews
Solutudo 300
Plenitude
Publicidade

FaceNews

Mais lidas