Fique conectado

Brasil

Assassino mais jovem matou o outro e depois se suicidou na escola de Suzano, diz polícia

Segundo a investigação, após atirar nos alunos, Guilherme Monteiro teria matado Luiz Henrique de Castro e se matado em seguida.

Publicado em

321

Guilherme Taucci Monteiro e Luiz Henrique de Castro, os assassinos de Suzano — Foto: Reprodução

Um dos assassinos dos alunos e funcionários da Escola Estadual Professor Raul Brasil matou o comparsa e depois se matou, segundo informações da polícia. A investigação aponta que Guilherme Taucci Monteiro, de 17 anos, matou Luiz Henrique de Castro, de 25 anos, e depois se suicidou.

Segundo a polícia, os dois tinham um pacto de que fariam o ataque e depois se matariam. E que andavam pesquisando na internet massacres em escolas dos Estados Unidos.

Além dos assassinos, outras oito pessoas morreram nos ataques na escola.

Assassinos são ex-alunos da escola

Os dois assassinos que mataram nesta quarta-feira (13) oito pessoas em Suzano (SP) eram ex-alunos da Escola Estadual Raul Brasil, alvo do ataque, disse o secretário de Segurança Pública de São Paulo, João Camilo Pires de Campos. De acordo com ele, os cinco alunos assassinados tinham entre 15 e 17 anos de idade. Também foram mortos duas funcionárias do colégio e o proprietário de uma loja próximo ao local.

Segundo o secretário, ainda não se sabe a motivação do crime. “É a grande busca: qual foi a motivação dos antigos alunos”, disse Foram feitas buscas na casa dos assassinos, e a polícia recolheu pertences dos dois.

Monteiro deixou a escola no ano passado após “problemas” – o secretário não foi claro se ele foi expulso ou se saiu por conta própria.

Jogo foi apreendido na casa de Luiz Henrique um dos assassinos do massacre da Escola Raul Brasil em Suzano — Foto: Maiara Barbosa/G1

Os dois aparentemente foram recebidos por Marilena Ferreira Vieira Umezo, coordenadora pedagógica, afirmou o secretário de Segurança. Ela foi a primeira a ser atingida. Não se sabe se os assassinos chegaram à escola encapuzados ou se cobriram os rostos posteriormente.

A Polícia Militar chegou à escola oito minutos após o crime. Dentro do colégio, policiais ouviram barulho de tiros e encontraram os dois assassinos mortos, ainda de acordo com o secretário.

A investigação aponta que Guilherme Monteiro matou Henrique Castro e, em seguida, se suicidou. A polícia diz que os dois tinham um “pacto” segundo o qual cometeriam o crime e depois se suicidariam.

Os mortos são:

  • Marilena Ferreira Vieira Umezo, coordenadora pedagógica
  • Eliana Regina de Oliveira Xavier, agente de organização escolar
  • Kaio Lucas da Costa Limeira, aluno
  • Cleiton Antonio Ribeiro, aluno
  • Caio Oliveira, aluno
  • Samuel Melquíades Silva de Oliveira, aluno
  • Douglas Murilo Celestino, aluno
  • Jorge Antonio de Moraes, comerciante, morto antes da entrada dos assassinos na escola; ele é tio de Guilherme, um dos assassinos

Brasil

Bandido em fuga entra na contramão na BR-277 e mata motociclista

Assaltante sobreviveu ao acidente que ele mesmo provocou.

Publicado em

Da Tribuna do Paraná
Foto: Gerson Klaina/Tribuna do Paraná

Com uma caminhonete roubada, um bandido que dirigindo pela contramão provocou uma tragédia no começo da tarde desta segunda-feira (25) na BR-277, em Curitiba (PR). Ele se envolveu num acidente, colidindo contra um utilitário e ainda atingindo um motociclista que seguia no sentido correto da via. O homem da moto chegou a ser atendido, mas, pela gravidade dos ferimentos, não resistiu.

O acidente aconteceu no quilômetro 84 da rodovia, no sentido ao bairro Cajuru, bem em cima do viaduto da BR-277 que passa pela Linha Verde. Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), o bandido na caminhonete teria subido o viaduto pela contramão e acabou provocando a colisão. Ele estaria sendo seguido pelo proprietário do veículo e também por policiais.

Motociclista morto

Além de atingir a moto, o bandido que estava na caminhonete ainda atingiu uma Mitsubishi Outlander, que quase foi jogada para baixo do viaduto. Com a colisão entre os dois veículos, um motociclista que seguia junto com a Outlander acabou prensado.

Assaltante sobreviveu ao acidente que ele mesmo provocou (Foto: Gerson Klaina/Tribuna do Paraná)

Por causa do acidente, o trânsito precisou ser bloqueado para o resgate do motociclista, que ficou ferido. Apesar de todo o esforço das equipes de socorro, o motociclista não resistiu.

Bandido sobreviveu

Além do rapaz da moto, o bandido também se feriu. Ele foi socorrido pelo Siate e encaminhado ao hospital. Depois que receber alta, o assaltante vai ser levado direto a delegacia, pois foi preso em flagrante.

O trânsito foi fechado por completo na BR-277, no sentido a São José dos Pinhais, na Região Metropolitana de Curitiba (RMC). Todo o fluxo de veículos foi desviado para a Linha Verde. Há congestionamento no local.

Foto: Gerson Klaina/Tribuna do Paraná

Foto: Gerson Klaina/Tribuna do Paraná

Continue lendo

Brasil

Tempestade tropical Iba se aproxima da costa de Espírito Santo e Bahia

Marinha e Instituto Nacional de Meteorologia emitiram alerta. Segundo comunicado, ventos chegaram a 65 km/h neste domingo (24).

Publicado em

Do G1
Imagem mostra tempestade tropical próxima à costa brasileira — Foto: Rodrigo Cunha/Arte G1/Climatempo

Uma tempestade tropical se aproxima da costa do Espírtio Santo e da Bahia. A tempestade tropical é uma categoria antes do ciclone tropical, comumente chamado de furacão.

O alerta foi feito pelo Centro de Previsão de Tempo e Estudos Climáticos (CPTEC/INPE), em colaboração com o Centro de Hidrografia da Marinha (CHM – Marinha do Brasil) e com o Instituto Nacional de Meteorologia.

“Seu deslocamento é previsto para a direção Sudoeste e seus efeitos poderão ser sentidos no litoral sul do estado da Bahia e do Espírito Santo até o dia 26”, diz o comunicado. Às 9h deste domingo, os ventos chegaram a 65 km/h e o centro da tempestade estava em alto-mar próximo ao Espírito Santo.

No sábado (23), este sistema ainda era uma depressão tropical. A tempestade foi chamada de Iba, que significa “ruim” em tupi-guarani.

Alto-mar

Os efeitos da tempestade tropical devem ser sentidos principalmente em alto-mar associados à chuva intensa, informaram os institutos. São esperados ventos fortes nas proximidades do litoral sul do estado da Bahia e do Espírito Santo que podem chegar a 87 km/h em alto-mar, no setor Leste do ciclone, e 61 km/h junto à costa, durante todo o período de atuação do ciclone.

A previsão é de ondas com alturas entre 3 e 5 metros em alto-mar e possibilidade de ocorrência de ressaca na costa entre Vitória (ES) e Caravelas (BA), com ondas de até 2,5 metros, até a noite do dia 25.

Salvador, capital baiana, amanheceu com chuva neste domingo e o operação das escunas de turismo que fazem o passeio pelas ilhas da Baía de Todos-os-Santos estava suspensa.

Continue lendo

Brasil

Médico mariliense é encontrado morto em Aracaju

Publicado em

Do Marília Notícia

Médico Marcelo Bocardi foi encontrado morto no carro (Foto: Arquivo Pessoal)

O médico mariliense Marcelo Brandão Bocardi, de 35 anos, foi encontrado morto dentro do próprio carro na manhã deste domingo (24) em Aracaju, a capital do Sergipe. A suspeita é que ele tenha cometido suicídio.

Conforme a Central de Regulação de Urgência (CRU), uma equipe de resgate foi acionada por volta das 10h para atendimento de uma vítima que estava dentro de um carro, em um condomínio localizado no bairro Aruana.

No local, a equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) constatou que se tratava de um colega de trabalho. Bocardi atuava no Samu desde 2013.

A vítima identificada já estava sem os sinais vitais. Há suspeita de que ele tenha cometido suicídio por asfixia, no entanto, a motivação ainda é desconhecida.

A Polícia Civil, por meio do Departamento de Homicídios e de Proteção à Pessoa (DHPP) vai investigar o caso.

Suicídio

Bocardi teria colocado duas mangueiras nos escapamentos de seu carro e as pontas estavam dentro do veículo. Os vidros foram fechados e vedados com um travesseiro, projetando toda a fumaça para o interior do carro.

Devido a grande quantidade de gás carbônico inalado, o médico não resistiu e morreu dentro do carro.

Grupo de ajuda

Marília conta com o Grupo de Prevenção ao Suicídio de Marília, que oferece palestras, rodas de conversas e atendimento psicológico social.

O projeto de Acolhimento aos Sobreviventes Enlutados por Suicídio trabalha em grupo com os familiares e amigos que perderam pessoas queridas por suicídio, que funciona toda terceira quinta-feira do mês na Faculdade Sul Americana, localizada na rua 4 de abril, 51.

Para outras informações dos projetos, basta entrar em contato pelo (14) 9-9789-0927.

Viver vale a pena

Vale lembrar que o  Centro de Valorização da Vida (CVV) realiza apoio emocional e prevenção do suicídio, atendendo voluntária e gratuitamente todas as pessoas que querem e precisam conversar, sob total sigilo por telefone, email, chat e Skype 24 horas todos os dias.

O contato pode ser feito pelo telefone 188 ou pelos outros canais disponíveis no site, que pode ser acessado .

Continue lendo
WhatsAssp AssisNews
Solutudo 300
Publicidade

FaceNews

Mais lidas