OAB do Rio pede esclarecimentos à subseção de Nova Iguaçu sobre festa polêmica

A polêmica em torno da festa realizada no dia 30 de agosto em Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense, em comemoração ao Mês da Advocacia, está longe de chegar ao fim. Como mostrou o colunista Alberto Aquino, na Extra Vip, um casal vestido de diabinha e anjinho circulou e distribuiu tequila aos convidados. Alguns deles posaram para fotos com os artistas.

Quem não gostou nada da festa foi a Ordem dos Advogados do Brasil, Seção do Estado do Rio de Janeiro (OAB/RJ), que intimou a Subseção de Nova Iguaçu a prestar esclarecimentos sobre o ocorrido.

A OAB/RJ informou também, em seu site, que não realizou nem subsidiou o evento, e que a festa foi financiada por ingressos confeccionados e vendidos pela Subseção de Nova Iguaçu. Explicou ainda que não foi consultada ou informada sobre a programação da festa.

Na nota, a OAB/RJ ressaltou que “eventos comemorativos da advocacia devem ser compatíveis com o decoro da atividade profissional’’. O procurador e conselheiro da OAB/Subseção Nova Iguaçu — Mesquita, João Norberto Miqueloti, disse que vai apurar os fatos.

O anjinho da festa foi interpretado pelo ator e modelo Jefferson Abreu, que lamentou ter sido confundido com gogo boy.

— Não tenho nada contra quem faz esse trabalho, mas sou modelo profissional há mais de dez anos, filiado ao Sindicato dos Artistas, integro companhia de teatro e atuo em festas e eventos — diz Jefferson, formado em Administração.

Andreza Cardoso, bailarina e professora de dança, nega ter feito trabalho de striptease.

— Muitas pessoas vieram me perguntar sobre essa questão do stripper. Fiquei chocada, porque não estava ali fazendo esse tipo de trabalho. Não tivemos culpa. Só estávamos fazendo nosso trabalho.

O ator Jefferson Abreu e a bailarina Andreza Cardoso trabalharam na festa (Foto: Taís Ramos)
O ator Jefferson Abreu e a bailarina Andreza Cardoso trabalharam na festa (Foto: Taís Ramos)
O ator Jefferson Abreu e a bailarina Andreza Cardoso trabalharam na festa (Foto: Taís Ramos)

#MAIS LIDAS DA SEMANA