Morreu na manhã desta quarta-feira (2) a primeira-dama de Cornélio Procópio, Mary Alcântara Hannouche, aos 52 anos, no Hospital Sírio Libanês, em São Paulo. Casada com o atual prefeito da cidade, Amin Hannouche (PSDB), ela sofreu complicações de saúde por conta de uma cirurgia bariátrica.

Mary era pedagoga e secretária municipal de Promoção Social. Além do marido, deixa dois filhos. A prefeitura comunicou luto oficial na cidade. “O expediente será mantido, com a bandeira a meio mastro, apenas a Secretaria de Promoção Social ficará fechada. As demais repartições funcionarão com expediente até seu horário de rotina”, afirmou por meio de nota.

O velório será realizado no Salão Dom Bosco, ao lado da Catedral Cristo Rei (centro de Cornélio Procópio). O horário ainda não foi definido, já que o corpo tem que ser transferido até a cidade.

Na quinta-feira (3) não haverá expediente em todos os setores da prefeitura. “Contamos com a solidariedade de todos para que este momento, triste e doloroso seja vivido com muita fé, e que Deus receba a nossa querida Mary em seus braços”, concluiu a nota, assinada pela vice-prefeita Angélica Carvalho Olchaneski de Mello (PSB).

Assine nossa newsletter

Receba as notícias do AssisNews diretamente em seu email.

VOCÊ PODE GOSTAR