Bebê de mulher que teve zika durante gravidez não tem microcefalia

Criança nasceu na segunda-feira (11) em Bauru (SP) e será acompanhada.
Mãe teve sintomas em fevereiro e doença foi confirmada na sexta-feira (8).

Aedes aegypti, mosquito transmissor de zika, dengue e chikungunya (Foto: Luis Robayo/AFP)
Aedes aegypti, mosquito transmissor de zika, dengue e chikungunya (Foto: Luis Robayo/AFP)

O bebê da mulher que teve o vírus zika durante a gravidez não tem microcefalia, segundo a Secretaria de Saúde de Bauru (SP), à 180Km de Assis (SP). Este é o segundo registro de zika na cidade, ambos em gestantes. A criança nasceu na segunda-feira (11) e vai receber acompanhamento especial.

De acordo com o secretário de saúde Fernando Monti, a mãe apresentou os sintomas da doença, como vermelhidão na pele, dor de cabeça e coceira, em fevereiro deste ano, quando foi colhido o material para o exame. A confirmação foi feita na sexta-feira passada e divulgada na segunda-feira (11).

O bebê nasceu bem, passou por exames e vai ser acompanhado pela equipe da Secretaria de Saúde.

Em fevereiro foi registrado o primeiro caso também de uma gestante na cidade. O vírus da zika é transmitido pelo mosquito Aedes aegypti, transmissor também da dengue e da febre chikungunya.

#MAIS LIDAS DA SEMANA