Santa Casa de Assis adere à campanha “Tabela SUS; reajuste Já” e poderá paralisar atendimento

Movimento discute situação financeira delicada. Atualmente a Santa Casa tem uma dívida de quase 5 milhões.

Provedor da Santa Casa, Sebastião Aizzo no movimento “Tabela SUS, Reajuste Já” (Foto: Santa Casa de Assis)

A Santa Casa de Misericórdia de Assis confirmou adesão ao movimento “Tabela SUS, reajuste Já”, uma mobilização que surgiu no ano passado, por iniciativa de dirigentes de Santas Casas e hospitais filantrópicos do Estado de São Paulo, para cobrar revisão da tabela de procedimentos pagos pelo SUS (Sistema Único de Saúde).

No próximo dia 8 de Abril a Santa Casa deve suspender o atendimento de todos os procedimentos eletivos, exceto os urgentes.

Segundo Sebastião Aizzo, o provedor da unidade, a paralisação parcial pretende demonstrar à população a delicada situação financeira que os hospitais enfrentam.

Atualmente a Santa Casa tem uma dívida de quase 5 milhões. Ainda de acordo com Aizzo, há 10 anos a Tabela SUS não é reajustada.

#MAIS LIDAS DA SEMANA