A apresentação ocorre às 16h da quarta-feira, dia 19, na Câmara Municipal de Assis.

A Rede de Urgência e Emergência – RUE irá interligar os atendimentos prestados pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência – SAMU, a Unidade de Pronto Atendimento – UPA e o Serviço de Atendimento referenciado de Urgência e Emergência. A Rede começará a funcionar após a inauguração da UPA, no dia 08 de dezembro.

O Vale do Paranapanema será a primeira região do Estado de São Paulo a implantar a RUE -Rede de Urgência e Emergência, que será gerenciada pelo Consórcio Intermunicipal do Vale do Paranapanema – Civap Saúde, em parceria com os Governos Federal, Estadual e Municipal.

Com o objetivo de apresentar o funcionamento e o novo formato de atendimento desta Rede  à toda comunidade de Assis e Região, o Civap, Secretaria de Saúde de Assis e Prefeitura Municipal de Assis promoverão nesta quarta-feira, às 16h, dia 19, uma apresentação na Câmara Municipal de Assis.

A apresentação será conduzida pelo prefeito de Assis e presidente do Civap, Ricardo Pinheiro Santana e pela secretária de Saúde de Assis, Denise Fernandes Carvalho.

Segundo a diretora do Civap, Ida Franzoso de Souza, a apresentação é muito importante para que todos sejam informados previamente sobre como a rede funcionará e, principalmente, como se darão os encaminhamentos nos casos de urgência e emergência.

O evento de apresentação da RUE ocorre na quarta-feira, dia 19, às 16h na Câmara Municipal de Assis. Toda comunidade está convidada para participar!

A apresentação ocorre às 16h da quarta-feira, dia 19, na Câmara Municipal de Assis.
Deixe um comentário

Esta é uma área exclusiva para membros da comunidade

Faça login para interagir ou crie agora gratuitamente sua conta e faça parte.

Assine nossa newsletter

Receba as notícias do AssisNews diretamente em seu email.

VOCÊ PODE GOSTAR

Ministério da Saúde confirma 8º caso de varíola dos macacos no país

O sétimo caso foi confirmado na sexta-feira (17), no Rio de Grande do Sul.

Covid-19: governo libera quarta dose para maiores de 40 anos

Ministério da Saúde pede à população que tome todas as doses da vacina.

Casos de varíola dos macacos chegam a 76 em todo o país

Informação é do Ministério da Saúde.