Santa Casa de Misericórdia de Assis realiza 3º “Pedágio da vida”

O objetivo da ação é sensibilizar a população da importância de doar sangue. Uma doação de sangue pode salvar até três vidas.

Santa Casa de Assis precisa de doações
Santa Casa de Assis precisa de doações

No dia 10 deste mês, a Agência Transfusional da Organização Social de Saúde Santa Casa de Misericórdia de Assis se reunirá na Avenida Rui Barbosa para o 3º Pedágio da Vida, que visa sensibilizar a comunidade sobre a importância de ser um doador de sangue.

O Pedágio também faz referência ao Dia Nacional do Doador Voluntário de Sangue, comemorado no dia 25 de novembro. Outro motivo que faz com que a Instituição promova campanhas nesta época, segundo o Enfermeiro e Coordenador dos Serviços Assistenciais Edmar Luis de Oliveira, é que nos meses de dezembro, janeiro e fevereiro, as doações de sangue geralmente caem e o estoque de sangue, muitas vezes, fica baixo, em virtude do aumento do índice de acidentes no período de festas natalinas e férias. Ser um doador de sangue e ajudar a manter o estoque do Hemonúcleo é uma questão de cidadania, que pode salvar muitas vidas. Neste ano, a campanha contará com a ajuda do Ambulatório Médico de Especialidades – AME Assis, que estará fortalecendo ainda mais ação.

Com o lema “Doe sangue, salve vidas”, a OSS Santa Casa de Assis conta com o apoio da comunidade para serem cada vez mais cidadã e doar sangue. Seja para quem for, seja um doador de sangue, esse é o apelo que a Instituição faz.

Doação: Para doar sangue, os interessados devem procurar diretamente o Hemonúcleo do Hospital Regional de Assis, de 2ª a 6ª feira, das 7h às 12h.

Para doar: basta estar em boas condições de saúde; ter entre 18 e 65 anos, desde que a primeira doação tenha sido feita até 60 anos; pesar no mínimo 50kg; estar bem alimentado; apresentar documento original com foto emitido por órgão oficial (Carteira de Identidade, Carteira de Trabalho ou CNH).

Uma doação de sangue pode salvar até três vidas.

Alguns motivos que impedem temporariamente a doação de sangue: resfriado (neste caso aguarde 7 dias após desaparecimento dos sintomas); Gestante; Parturiente: (neste caso deve aguardar 90 dias após parto normal e 180 dias após cesariana); Amamentando (se o parto ocorreu há menos de 12 meses); ingerido bebida alcoólica nas 12 horas que antecedem a doação; ter realizado tatuagem nos últimos 12 meses;

Não podem doar: com antecedentes de Hepatite, evidência clínica ou laboratorial de doenças infecciosas transmissíveis pelo sangue: Hepatites B e C, AIDS (vírus HIV), doenças associadas aos vírus HTLV I e II e Doença de Chagas, usuários de ilícitas injetáveis ou pessoas infectadas por Malária.

Homens podem doar sangue até 4 vezes no ano, respeitando intervalos de 60 dias, as mulheres podem doar 3 vezes ao ano, com intervalo de 90 dias.

Para saber mais sobre a Santa Casa de Assis acesse www.santacasadeassis.org.br.

E para saber sobre o Hemonúcleo do Hospital Regional de Assis ligue para (18)3302 6000.pedagio-2016

#MAIS LIDAS DA SEMANA