O que é tecido adiposo marrom?

Ciência avança nas descobertas sobre a modulação do tecido adiposo marrom como alternativa para o emagrecimento .

Excesso de gordura na população: como a ciência avança nas estratégias de tratamento — Foto: Divulgação

A ciência vem comprovando, por meio de diferentes modelos de ensaios clínicos e metanálises, que a obesidade é uma doença de caráter inflamatório. O tecido adiposo já foi considerado um órgão endócrino, capaz de secretar substâncias pró-inflamatórias e alterar o perfil hormonal do organismo, gerando um impacto significativo no metabolismo.

Você já ouviu falar no tecido adiposo marrom?

O tecido adiposo marrom (TAM) é um tecido-órgão presente, especialmente, em todos os neonatos de espécies mamíferas. Anteriormente acreditava-se que esse tipo de tecido era encontrado apenas em recém-nascidos, contudo, estudos científicos vêm demonstrando sua presença em determinadas regiões do corpo de adultos e tem ganhado atenção em relação ao seu papel no metabolismo, termogênese e emagrecimento.

O tecido adiposo marrom é um tecido com grande vascularização e encontrado em diversas áreas do corpo, como nuca, ombros e coluna vertebral.

A capacidade protetora do TAM contra doenças metabólicas crônicas é atribuída pela utilização de glicose e lipídeos para a termogênese. No entanto, o TAM também apresenta um papel secretor, contribuindo para as consequências sistêmicas da atividade deste tecido. Moléculas derivadas do tecido adiposo marrom contribuem com esta ação, uma vez que é um tecido com alta concentração de mitocôndrias para geração de energia.

Fatores que ativam o tecido adiposo marrom

Estudos estimam que em torno de 50 gramas de TAM ativo sejam suficientes para aumentar 20% da taxa metabólica basal, ou seja, a quantidade de calorias que o corpo utiliza em repousa para os tecidos e órgãos funcionarem adequadamente. A atividade física é um dos principais fatores capazes de acelerar esse processo e ativar o TAM.

Outro fator discutido em relação a esse tecido é a influência do frio. As baixas temperaturas elevam a concentração de hormônio liberado pelo coração, capaz de ativar o tecido adiposo marrom. Mais estudos devem ser realizados para se comprovar outras formas de ativar o TAM e, consequentemente, contribuir com o tratamento da obesidade e emagrecimento saudável!

Exercício físico pode favorecer ativação do tecido adiposo marrom — Foto: Divulgação

#MAIS LIDAS DA SEMANA