Fique conectado

Saúde

Secretaria da Saúde de Assis orienta população sobre cuidados com caramujo africano

Molusco pode transmitir doenças aos seres humanos.

Publicado em

168

Em Assis, Secretaria da Saúde orienta cuidados com caramujo africano

A Prefeitura de Assis através da Secretaria Municipal da Saúde orienta à população quanto aos cuidados com o caramujo africano, os quais são comuns aparecerem devido às chuvas e ao calor intenso nessa época do ano.

De acordo com o coordenador do departamento de Controle de Endemias, Cícero Motta, os moluscos são resistentes ao frio e à seca, mas não são venenosos e não ataca as pessoas.

Segundo ele, em Assis não há registro de casos de pessoas que tenham desenvolvido doenças em razão do caramujo e orienta a recolha dos animais sempre com as mãos protegidas, com luvas ou sacolas plásticas e o descarte em lixo orgânico.

Cidade

Secretária da Saúde de Assis passa a ter novo modelo de gestão

Novo modelo será composto por um colegiado de servidores da própria Secretaria, um secretário interino um e gerente do colegiado.

Publicado em

Assessoria
Foto: Departamento de Comunicação

O prefeito José Fernandes implanta na Secretaria Municipal de Saúde novo modelo de gestão, composto por um colegiado de servidores da própria Secretaria, tendo como secretário interino Percy Speridião e gerente do colegiado Adriano Romagnoli.

Nos últimos dias o prefeito e o vice Márcio Veterinário têm se reunido com a equipe para traçar novas estratégias para que os serviços da Rede Municipal de Saúde alavanquem e sejam oferecidos com mais eficácia e agilidade. Para tanto, serão implantados sistemas de tecnologia para que haja interlocução entre os diferentes serviços oferecidos.

Para José Fernandes, esse é um modelo moderno e participativo de membros do colegiado.

“Nós estamos implantando um modelo de gestão para que os recursos sejam melhores aplicados, com discussão conjunta com a equipe, de forma democrática e participativa, para que tenhamos melhores ofertas de serviços”, diz o prefeito.

Adriano Romagnoli, gerente do colegiado, fica responsável pela otimização do sistema tecnológico. “Considero que em equipe possamos avançar muito mais e mais rapidamente com um sistema tecnológico integrado e consequentemente agilizarmos os processos administrativos”, diz.

Confira servidores que fazem parte do colegiado:

Adriano Romagnoli – gerente do colegiado

Ana Maria de Felippo – responsável pelo Departamento de Recursos Humanos

Luis Mazarin – responsável pelo Departamento Administrativo

Monica Arf – responsável pela regulação de exames e procedimentos

Fernanda Telles – responsável pelo gerenciamento de contratos e convênios

Josiane Batista – responsável pela rede de urgência e emergência, incluindo P.A. Maria Izabel e relações com a UPA e Secretaria Municipal de Saúde

Cristiane Silvério e Camila Delchiaro – responsáveis pelas unidades de Atenção Básica

Continue lendo

Região

Florínea implanta associação do câncer

Publicado em

Assessoria
Florínea implanta associação do câncer

O prefeito de Florínea Paulo Eduardo Pinto, o ‘Duda’, participou de um encontro para a implantação da Associação do Câncer em Florínea (SP).

“Ciente da vulnerabilidade em que se encontram os pacientes acometidos por essa doença e com a responsabilidade de cada vez mais buscar mecanismos que melhorem os serviços de saúde, buscamos no fim de 2018 a forma legal de implantação da associação no município”, disse o prefeito.

E completou: “Fomos bem atendidos na Associação de Assis, que nos passou todos os documentos necessários para criação. Agradeço e parabenizo a coragem da nossa querida tia Cida, Mara Rorato e todos da diretoria por assumir essa missão a frente da associação. Que Deus abençoe a todos”.

Continue lendo

Saúde

Prefeito cancela carnaval e usa verba em hospital para tratamento contra o câncer em Assis

Segundo o prefeito José Fernandes, a verba destinada ao carnaval era de aproximadamente R$ 40 mil. Setor de oncologia do Hospital Regional foi reativado após determinação da Justiça.

Publicado em

Do G1
Hospital Regional de Assis receberá verba que seria do carnaval — Foto: Divulgação

A prefeitura de Assis (SP) cancelou o carnaval e vai destinar a verba da folia para o setor de oncologia do Hospital Regional. Segundo o prefeito José Fernandes, a verba destinada ao carnaval era de aproximadamente R$ 40 mil.

“Nós tivemos uma solicitação dos vereadores para disponibilizar equipamentos como ar-condicionado, poltronas para melhor acomodar a ala de oncologia. Esses equipamentos serão patrimoniados pela prefeitura e vamos emprestar para o hospital”, explica o prefeito José Fernandes.

O G1 entrou em contato com o Tribunal de Conta do Estado (TCE) para verificar se a mudança de destino de verba é permitido, mas até a publicação desta reportagem não teve resposta.

Veja também

Em dezembro de 2018, o Hospital Regional de Assis reativou o setor de oncologia e voltou a realizar atendimentos a pacientes com câncer após determinação da Justiça. O serviço estava descredenciado desde março de 2017, quando os pacientes foram remanejados para outras cidades.

Prefeito diz que decisão foi tomada junto com blocos em Assis — Foto: Reprodução/TV TEM

Na cidade, muita gente aprovou a medida, que foi um acordo entre a prefeitura e as escolas de samba. “Eu acho que foi positivo porque o carnaval é opcional, saúde a gente está sempre precisando”, afirma o técnico de manutenção Osmar Modesto.

Para não ficar sem a folia, três blocos foram organizados em Assis. A escola de semana Vila Operária vai fazer um desfile usando recursos próprios no bairro onde fica o barracão de ensaios.

A produtora Bruna Reis organizou o bloco Malungos. “O ideal é que o carnaval fosse fomentado, que as escolas renascessem. Mas como não foi possível, acho que nada mais inteligente que um repasse para a demanda real da população. É uma maneira de garantir a melhor qualidade”, acredita.

Organizadora de bloco em Assis diz que atitude foi inteligente — Foto: Reprodução/TV TEM

Continue lendo
Solutudo 300
WhatsAssp AssisNews
Publicidade

FaceNews

Mais lidas