Fique conectado

Região

Cândido Mota confirma primeiro caso de dengue e reforça ‘ações de bloqueio’

Publicado em

115

Cândido Mota confirma primeiro caso de dengue e reforça ‘ações de bloqueio’ (Foto: Diário do Vale)

No final da tarde da última sexta-feira  (08), a Secretaria de Saúde de Cândido Mota informou que após ter nove casos para dengue notificados, o primeiro foi positivado, sendo seis descartados com sorologia negativa e dois aguardando confirmação. Desta forma, Cândido Mota apresentou o primeiro caso de dengue no ano de 2019.

“Tomamos conhecimento na sexta-feira ao final da tarde e imediatamente começamos as ações. Este é um assunto que tem nos preocupado e temos trabalhado intensivamente para que a epidemia de 2015 não se repita no município. Nesta segunda-feira, dia 11, os agentes de vetores e profissionais da saúde intensificaram ações de bloqueio e controle de criadouros nos quarteirões ao redor do imóvel onde aconteceu o caso positivo. Aproveitamos para pedir que a população facilite o acesso dos nossos profissionais aos imóveis. Esta ação é muito importante, pois o mosquito aedes aegypti, além da dengue, transmite outras doenças como a chikungunya e o zika vírus”, apelou Amanda Mailio.

“Em caso de suspeita de dengue, o paciente deve procurar uma Unidade de Saúde para que a notificação do caso seja formalizada através do protocolo existente com a coleta de sangue após seis dias do aparecimento dos sintomas” detalhou a secretária de Saúde.

A diretora do departamento de Vigilância em Saúde lembrou que os agentes de controle de vetores visitam os domicílios durante o ano. “O trabalho acontece com a prevenção e a conscientização sobre o perigo que é ter um criadouro no quintal. Temos que erradicar totalmente a presença de larvas, pois sem elas não temos o mosquito. Os agentes de controle de vetores estão realizando a aplicação do larvicida e a próxima ação será a nebulização nas áreas próximas do caso confirmado” destacou Talita Franciscani.

O prefeito Roberto Bueno, por sua vez, falou: “A grande preocupação é a larva que termina com a proliferação do mosquito. Voltamos a repetir que isto é potencializado pelo descarte ou armazenamento inadequado de materiais acumuladores de água, e é por este motivo que precisamos que todos estejam envolvidos nesta causa. Não adianta somente o Poder Público fazer se a população não colaborar”, concluiu Roberto Bueno.

Cândido Mota confirma primeiro caso de dengue e reforça ‘ações de bloqueio’ (Foto: Diário do Vale)

Nebulização
Consiste na pulverização de inseticida; no Brasil, o produto utilizado é o malathion. Sua fórmula é diferente dos inseticidas encontrados nos supermercados e sua distribuição é feita somente pelo Governo Federal, que compra o produto e distribui aos Estados, que repassa aos municípios.

O inseticida serve para bloquear epidemias e não deve ser usado de forma preventiva, pois ele tem ação temporária e pontual, por isso não é considerado o método ideal para acabar com o Aedes aegypti.

A melhor forma de evitar os mosquitos é acabar com os criadouros, não deixar o mosquito nascer. O uso da nebulização somente mata o mosquito adulto, mas as larvas e pupas continuam vivas e em alguns dias se tornam novos mosquitos. Por isso, a importância de se eliminar os criadouros.

Lei nº 2773/2018
De acordo com a lei nº 2773/2018, todos os proprietários, locatários, possuidores ou responsáveis de imóveis residenciais, estabelecimentos comerciais ou industriais, terrenos com ou sem obras em andamento, deverão adotar medidas necessárias à manutenção da limpeza, sem acúmulo de lixo, matéria orgânica, entulhos e demais materiais inservíveis. O descumprimento da lei sujeita o infrator à multa.

Polícia

Criança é encontrada afogada em piscina de hotel em Lins

Hotel prestou os primeiros-socorros enquanto aguardava a chegada do Corpo de Bombeiros. Menino, de 5 anos, foi levada para um hospital particular.

Publicado em

Do G1

Uma criança de 5 anos foi encontrada afogada na piscina de um hotel em Lins (SP), na manhã deste sábado (16).

O hotel informou que um casal de hóspedes solicitou a ajuda da administração durante a manhã para encontrar o filho, que havia deixado o apartamento sem que eles tivessem percebido.

Durante as buscas, a criança foi localizada e resgatada em uma das piscinas do hotel. Os funcionários realizaram os primeiros atendimentos no local.

O Corpo de Bombeiros foi acionado e a criança foi levada para a unidade infantil de um hospital particular de Araçatuba. O estado de saúde do menino não foi divulgado.

Continue lendo

Região

Governo de São Paulo concederá 1,2 mil km de estradas na região de Assis

Ao menos 12 rodovias passarão a ter cobrança de pedágio.

Publicado em

Agência Estado
Governo de São Paulo concederá 1,2 mil km de estradas na região de Assis (Foto: Sergio Andrade/Governo do Estado de SP)

O governo de São Paulo vai conceder um lote de 12 rodovias do oeste do Estado, que passarão a ter cobrança de pedágio. A concessão abrange uma malha de 1,2 mil quilômetros, ligando cidades como Presidente Prudente, Assis, Marília, Parapuã, Bauru, Brotas, Rio Claro, Limeira, Jaú e Sorocaba.

Esse pacote inclui as rodovias SP-310 e SP-225, a Rodovia Washington Luís, que já é operada pela concessionária Cetrovias/Artéria e tem pedágio. As demais rodovias hoje são operadas pelo Departamento de Estradas de Rodagem (DER).

O plano, que já vinha sendo traçado pela Agência Reguladora dos Serviços Delegados de Transporte de São Paulo (Artesp), foi anunciado ontem pelo governador João Doria (PSDB) como a primeira concessão de sua gestão.

O Estado diz ter 220 projetos de desestatização, incluindo planos de conceder as Marginais do Pinheiros e do Tietê, na capital, e estações da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM). Essa é uma das principais bandeiras de Doria.

Segundo ele, o gestor privado terá de investir R$ 9 bilhões ao longo dos 30 anos de concessão. Parte do investimento será na duplicação de 417 km de rodovias. A concessionária terá ainda de instalar câmeras de segurança com leitor automático de placas, que podem aplicar multas ou reconhecer veículos com documentação irregular ou mesmo roubados.

O governador disse que os pedágios serão “20% mais baixos” do que o preço cobrado hoje na Washington Luís. Ele destacou que, nesta nova concessão, haverá metas de redução de poluentes a serem cumpridos pela concessionária com medidas mitigatórias.

Novidades

Segundo o secretário de Governo e vice-governador, Rodrigo Garcia (DEM), a cobrança de pedágio terá duas diferenças. A primeira é que será autorizado (mas não obrigatório) à concessionária a opção de dar descontos tarifários para estimular o uso da rodovia em horários de menor demanda, melhorando o fluxo nos horários de pico. Também será implementada um tipo de cobrança só por trecho percorrido, para carros com etiquetas eletrônicas (como Sem Parar).

O edital prévio, da consulta pública, será publicado na edição de hoje do Diário Oficial do Estado. Haverá quatro audiências públicas para explicar a proposta e receber críticas e sugestões da população. A previsão é que o edital final saia em 15 de março e o recebimento das propostas ocorra em 15 de abril.

Será vencedor o grupo que oferecer o maior valor de outorga ao governo do Estado. A concessão vigente da Washington Luís termina em julho. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Continue lendo

Polícia

Carros ficam danificados após colidirem em cruzamento de ruas, em Paraguaçu Paulista

O acidente aconteceu no cruzamento das ruas Prefeito Jaime Monteiro e Maria Paula Gambier Costa.

Publicado em

Do i7 Notícias

Ambos os veículos ficaram danificados. Não houve vítimas (Foto: Manoel Moreno)

Dois carros colidiram no início da noite da última sexta-feira, dia 15, em um cruzamento de vias, no centro de Paraguaçu Paulista. Não houve feridos.

De acordo com informações colhidas no local, um GM/Onix, que seguia pela Rua Prefeito Jaime Monteiro, colidiu contra um VW/Fox ao atravessar a Rua Maria Paula Gambier Costa.

Ambos os veículos ficaram danificados, mas nenhum ocupante se feriu.

O Resgate do Corpo de Bombeiros foi acionado, porém, não foi necessário encaminhar nenhuma vítima para atendimento médico.

Ambos os veículos ficaram danificados. Não houve vítimas (Foto: Manoel Moreno)

Continue lendo
Solutudo 300
WhatsAssp AssisNews
Publicidade

FaceNews

Mais lidas