Fique conectado

Região

Cândido Mota confirma primeiro caso de dengue e reforça ‘ações de bloqueio’

Publicado em

172

Cândido Mota confirma primeiro caso de dengue e reforça ‘ações de bloqueio’ (Foto: Diário do Vale)

No final da tarde da última sexta-feira  (08), a Secretaria de Saúde de Cândido Mota informou que após ter nove casos para dengue notificados, o primeiro foi positivado, sendo seis descartados com sorologia negativa e dois aguardando confirmação. Desta forma, Cândido Mota apresentou o primeiro caso de dengue no ano de 2019.

“Tomamos conhecimento na sexta-feira ao final da tarde e imediatamente começamos as ações. Este é um assunto que tem nos preocupado e temos trabalhado intensivamente para que a epidemia de 2015 não se repita no município. Nesta segunda-feira, dia 11, os agentes de vetores e profissionais da saúde intensificaram ações de bloqueio e controle de criadouros nos quarteirões ao redor do imóvel onde aconteceu o caso positivo. Aproveitamos para pedir que a população facilite o acesso dos nossos profissionais aos imóveis. Esta ação é muito importante, pois o mosquito aedes aegypti, além da dengue, transmite outras doenças como a chikungunya e o zika vírus”, apelou Amanda Mailio.

“Em caso de suspeita de dengue, o paciente deve procurar uma Unidade de Saúde para que a notificação do caso seja formalizada através do protocolo existente com a coleta de sangue após seis dias do aparecimento dos sintomas” detalhou a secretária de Saúde.

A diretora do departamento de Vigilância em Saúde lembrou que os agentes de controle de vetores visitam os domicílios durante o ano. “O trabalho acontece com a prevenção e a conscientização sobre o perigo que é ter um criadouro no quintal. Temos que erradicar totalmente a presença de larvas, pois sem elas não temos o mosquito. Os agentes de controle de vetores estão realizando a aplicação do larvicida e a próxima ação será a nebulização nas áreas próximas do caso confirmado” destacou Talita Franciscani.

O prefeito Roberto Bueno, por sua vez, falou: “A grande preocupação é a larva que termina com a proliferação do mosquito. Voltamos a repetir que isto é potencializado pelo descarte ou armazenamento inadequado de materiais acumuladores de água, e é por este motivo que precisamos que todos estejam envolvidos nesta causa. Não adianta somente o Poder Público fazer se a população não colaborar”, concluiu Roberto Bueno.

Cândido Mota confirma primeiro caso de dengue e reforça ‘ações de bloqueio’ (Foto: Diário do Vale)

Nebulização
Consiste na pulverização de inseticida; no Brasil, o produto utilizado é o malathion. Sua fórmula é diferente dos inseticidas encontrados nos supermercados e sua distribuição é feita somente pelo Governo Federal, que compra o produto e distribui aos Estados, que repassa aos municípios.

O inseticida serve para bloquear epidemias e não deve ser usado de forma preventiva, pois ele tem ação temporária e pontual, por isso não é considerado o método ideal para acabar com o Aedes aegypti.

A melhor forma de evitar os mosquitos é acabar com os criadouros, não deixar o mosquito nascer. O uso da nebulização somente mata o mosquito adulto, mas as larvas e pupas continuam vivas e em alguns dias se tornam novos mosquitos. Por isso, a importância de se eliminar os criadouros.

Lei nº 2773/2018
De acordo com a lei nº 2773/2018, todos os proprietários, locatários, possuidores ou responsáveis de imóveis residenciais, estabelecimentos comerciais ou industriais, terrenos com ou sem obras em andamento, deverão adotar medidas necessárias à manutenção da limpeza, sem acúmulo de lixo, matéria orgânica, entulhos e demais materiais inservíveis. O descumprimento da lei sujeita o infrator à multa.

Polícia

Jovem é resgatado por bombeiros após cair em penhasco de 30 metros de altura em Marília

Segundo a família, o rapaz de 19 anos estava desaparecido há mais de uma semana e foi achado após morador ouvir gritos de socorro. Vítima foi levada para o Hospital das Clínicas com fraturas nas pernas e escoriações.

Publicado em

Do G1
Jovem foi imobilizado após ser resgatado no fundo do penhasco: fraturas e escoriações — Foto: Corpo de Bombeiros/Divulgação

Um jovem de 19 anos foi resgatado na tarde desta sexta-feira (19) pelo Corpo de Bombeiros após ser localizado em um penhasco de 30 metros de altura, em Marília (SP). Segundo a família da vítima, Guilherme de Almeida estava desaparecido há mais de uma semana.

O penhasco fica nos fundos do Jardim Santa Antonieta, na zona norte da cidade. Segundo os bombeiros, o rapaz foi localizado depois que o morador de uma chácara caminhava pela área de mata do bairro, quando ouviu os pedidos de socorro e acionou as equipes de salvamento.

Os bombeiros desceram o penhasco por meio de uma trilha aberta na mata. De acordo com a corporação, o local é íngreme e considerado de difícil acesso. Com isso, os bombeiros levaram quase duas horas para chegar até a vítima.

No início da tarde, as equipes conseguiram fazer o resgate. O jovem estava consciente, mas estava com fraturas nas pernas e diversos ferimentos pelo corpo.

O rapaz foi imobilizado e levado até o alto do penhasco, onde uma unidade de suporte avançado do Samu já esperava pela vítima. Após checar seu quadro clínico, ele foi encaminhado para o Pronto-Socorro do Hospital das Clínicas de Marília.

Sumiço

O pai da vítima, Rogério Marcelino Alves, disse que na quinta-feira (11) ele foi avisado de que filho não apareceu no trabalho.

Aos bombeiros, o rapaz disse que estava andando pela beira do barranco quando se distraiu e escorregou. O jovem também disse estava sozinho caído no buraco desde a quinta-feira.

Segundo tenente Fernando Gomes Calógero, do Corpo de Bombeiros, esse tipo de situação de sobrevivência em situação de isolamento por vários dias não é tão rara quanto se imagina.

“A principal preocupação nesses casos é com a desidratação, mas é possível sim sobreviver sem comida e água por vários dias. Geralmente em situação assim a vítima consegue se hidratar com água de chuva ou alguma fonte próxima”, explicou o tenente.

Rapaz sofreu fraturas na pernas e escoriações após uma queda de cerca de 30 metros: “momento de distração” — Foto: Corpo de Bombeiros/Divulgação

Bombeiros tiveram de percorrer uma trilha em terreno íngreme e de difícil acesso — Foto: Corpo de Bombeiros/Divulgação

Continue lendo

Polícia

Acidente envolvendo vários veículos impressiona na região de Marília

Ao menos sete veículos se envolveram no acidente.

Publicado em

Do Marília Notícia
Capotamento registrado em Pompéia (Foto: Arquivo Pessoal)

Um grave capotamento foi registrado na manhã desta quinta-feira (18) no Distrito Industrial de Pompéia (SP) na região de Marília (SP).

Segundo as primeiras informações, o motorista de um Volkswagen Golf, cor branca, perdeu o controle da direção e capotou o veículo, atingindo quatro motos e três carros que estavam estacionados em frente de uma empresa.

O motorista do Golf, que estava sozinho no veículo, foi socorrido até a Santa Casa de Pompeia. Apesar do susto, ele teve ferimentos leves e não corre risco de morte.

O caso foi registrado pela Polícia Militar em um boletim de ocorrência. As causas do capotamento ainda serão apuradas. O condutor não teve a identidade divulgada.

(Foto: Arquivo Pessoal)

(Foto: Arquivo Pessoal)

(Foto: Arquivo Pessoal)

Continue lendo

Polícia

Suspeito de matar namorada a tiros é preso em Marília

Kelly Renata dos Santos de Oliveira, de 20 anos, foi conversar com o namorado no portão; segundo boletim de ocorrência, mãe ouviu os disparos assim que a jovem saiu da casa.

Publicado em

Jovem morre baleada por ex-namorado em Marília — Foto: Redes sociais/Reprodução

O jovem suspeito de matar a namorada a tiros na porta da casa dela, em Marília (SP), foi preso na noite desta quinta-feira (18), na Zona Norte da cidade.

Kelly Renata dos Santos de Oliveira, de 20 anos, morreu depois de ser baleada. De acordo com a mãe da vítima, o suspeito a chamou para conversar no portão, para reatar o namoro. Assim que a filha saiu da casa, a mãe ouviu os disparos.

Jefferson Felipe da Silva Balbo, de 20 anos, segundo a polícia, estava escondido na casa de parentes. Ele correu ao ver a viatura da Polícia Militar, mas foi detido.

Jefferson foi encaminhado para a delegacia e vai passar por audiência de custódia na próxima semana.

Continue lendo
WhatsAssp AssisNews
Solutudo 300
Publicidade

FaceNews

Mais lidas