Fique conectado

Região

Paraguaçu Paulista registra primeira morte suspeita de gripe

Mulher de 65 anos estava internada no Hospital de Caridade de Paraguaçu e não havia tomado a vacina contra a gripe; a campanha prossegue até o próximo dia 31 em todas as unidades de Saúde.

Publicado em

193

Paraguaçu Paulista registra primeira morte suspeita de gripe

Foi registrada a primeira morte suspeita por gripe H1N1 em Paraguaçu Paulista, nesta quinta-feira (23), de acordo com a informação do Departamento de Saúde. Trata-se de uma mulher de 65 anos, cujo nome não foi divulgado, que não tomou a vacina contra a gripe e que estava internada na UTI – Unidade de Terapia Intensiva – do Hospital de Caridade de Paraguaçu.

O caso está sendo investigado pelo Departamento de Saúde, conforme informação da Vigilância Epidemiológica, que reforça o alerta de prevenção. “Chamo a atenção, principalmente, para a importância da vacinação em crianças de seis meses a menores de seis anos, idosos e gestantes. Esse grupo é considerado prioritário, pois é formado de pessoas mais vulneráveis e que correm maior risco de óbito se contraírem a gripe H1N1 e não estiverem vacinadas”, orientou a coordenadora do setor de Vigilância Epidemiológica do Departamento de Saúde, Gisele Oliveira.

Longe da meta

A uma semana do fim da campanha já que a vacinação segue até o dia 31 de maio, apenas 68% do público-alvo se vacinou contra a gripe em todo o país.

Em Paraguaçu Paulista foram vacinados 78% do público-alvo, sendo que a meta é 90%. Desse percentual, os que se vacinaram até agora está assim: crianças são 54%; gestante 68%; idosos 74%; trabalhadores da Saúde 117%; professores 106%; crônicos 64%; e puérperas 84%.

Na região, o índice também não é dos melhores: 65%. E no estado de São Paulo, 62% do público-alvo foram vacinados. Todos os dados são do Ministério da Saúde e estão atualizados até o último dia 23 de maio.

A Campanha Nacional de Vacinação contra a influenza, que teve início no dia 10 de abril, continua até o fim da próxima semana, no dia 31 de maio. “A vacina está disponível de graça nas unidades de saúde de todo município. Para diminuir a circulação do vírus é preciso que todas as pessoas que fazem parte do público prioritário da campanha se vacinem. A vacina é a forma mais eficaz de evitar a doença”, afirmou a diretora de Saúde de Paraguaçu Paulista, Cristiane Bonfim.

O H1N1 é um subtipo da influenza, agente causador da gripe. O vírus é dividido em tipos e subtipos. As letras (A e B, por exemplo) referem-se ao tipo, já as formas (H3N2, H1N1) são subtipos. Segundo o Ministério da Saúde, todos são igualmente preocupantes, sem uma maior letalidade em nenhum deles.

O público-alvo para vacinação contra a gripe é composto por:

– Pessoas com 60 anos ou mais

– Mulheres com até 45 dias do parto

– Trabalhadores da área da saúde

– Professores de escolas públicas e privadas

– Povos indígenas

– Pessoas com doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais

– Adolescentes e jovens de 12 a 21 anos de idade em medida socioeducativa

– População privada de liberdade

– Servidores do sistema prisional

A escolha do público prioritário no Brasil segue recomendação da Organização Mundial da Saúde (OMS). Essa definição também é respaldada por estudos epidemiológicos e pela observação do comportamento das infecções respiratórias, que têm como principal agente os vírus da gripe. São priorizados os grupos mais suscetíveis ao agravamento de doenças respiratórias.

Polícia

Peregrina fica ferida após ser atropelada na rodovia em Cândido Mota

Mulher estava com um grupo de cerca de 30 pessoas e só ela se feriu. Motorista estava embriagado e foi levado para delegacia.

Publicado em

Uma mulher que fazia parte de um grupo de peregrinação foi atropelada na madrugada deste sábado (21) na Rodovia Fortunato Petrini (SP-266), entre Cândido Mota e o distrito de Porto Almeida.

De acordo com a Polícia Rodoviária de Assis, a vítima, de 37 anos, foi atingida por um carro na altura do quilômetro 447 da rodovia. Ela estava com um grupo de 30 pessoas e foi a única ferida.

A mulher sofreu ferimentos leves e passou por atendimento no Pronto-Socorro de Cândido Mota. Ainda segundo a Polícia Rodoviária, o motorista apresentava sinais de embriaguez.

Ele passou pelo teste do bafômetro, que constatou a presença de álcool no sangue. Ele foi encaminhado à delegacia de Assis (SP).

Continue lendo

Polícia

Incêndio destrói veículo em vicinal na zona rural de Bastos

Um casal que viajava no carro conseguiu sair do seu interior sem ferimentos.

Publicado em

Do Bastos Já

Um incêndio provocou danos em um veículo Gol no começo da tarde desta quinta-feira (19), na estrada vicinal da Secção União I, na zona rural de Bastos.

Um casal que viajava no carro conseguiu sair do seu interior sem ferimentos. O caso aconteceu por volta das 12h45.

Segundo o boletim de ocorrência da Policia Civil um ajudante geral de 33 anos e sua esposa, uma vendedora de 27 anos, transitavam pela vicinal com o veículo quando notaram que o veículo estava pegando fogo na parte do motor.

Rapidamente saíram do carro e começaram a tentar apagar o fogo até a chegada da Brigada de Incêndio da Prefeitura.

Apesar de todos os esforços o fogo provocou dano de grande monta no veículo, que será levado para Almoxarifado.

Continue lendo

Polícia

Polícia apreende drogas e R$ 1,3 mil em dinheiro com acusado de tráfico em Palmital

Jovem de 20 anos foi preso em flagrante por tráfico e encaminhado para Cadeia de Lutécia.

Publicado em

Do Jornal da Comarca
Polícia apreende drogas e R$ 1,3 mil em dinheiro com acusado de tráfico em Palmital (Foto: Divulgação/Polícia Militar)

A Polícia Militar realizou nesta quinta-feira (19) a prisão de um jovem de 20 anos acusado de tráfico de drogas em Palmital (SP). Ele foi abordado quando estava em um veículo que trafegava pelo centro da cidade e portava grande quantidade de dinheiro, supostamente obtido com a atividade ilegal. Em sua residência, no Jardim Paulista, foram localizados porções de entorpecentes e pinos vazios para cocaína.

De acordo com registros de ocorrência, os pms receberam informações de que traficantes estariam em um Uno azul distribuindo drogas na cidade e recebendo o dinheiro pela venda dos entorpecentes. Os policiais cruzaram com o veículo com quatro ocupantes pela rua Sete de Setembro e o motorista, na tentativa de despistar, parou bruscamente no pátio de um posto de combustíveis.

Durante abordagem, os policiais encontraram com o jovem um pino de cocaína (1 grama) e R$ 561,00 em dinheiro trocado, com características do tráfico. Um segundo passageiro levava mais R$ 794,00. Com o motorista e outro acompanhante nada de ilícito foi encontrado. O acusado disse que a droga era para seu consumo próprio e que o dinheiro foi levantado com “bicos”. Ele negou que fazia tráfico e deu um endereço de residência diferente do que era conhecido pelos pms.

Os policiais foram até a casa do acusado, na rua Pernambuco, e, com apoio da equipe do Canil da PM, localizaram no quintal uma pedra grande de crack (10 gramas) e três porções de maconha (8 gramas), além de 2 mil pinos vazios para cocaína. O rapaz foi levado à Delegacia da Polícia Civil, onde foi autuado em flagrante por tráfico e encaminhado para a Cadeia Pública de Lutécia. O motorista do carro, que não possuía CNH recebeu uma autuação de trânsito.

Continue lendo
WhatsAssp AssisNews
Solutudo 300
Publicidade

FaceNews

Mais lidas