Santa Casa de Assis deixa de atender pacientes de convênio médico do Iamspe

Segundo a Santa Casa, após o vencimento do contrato entre a instituição e o convênio dos servidores públicos estaduais, em março deste ano, houve negociação para aumentar o valor do teto repassado ao hospital.

A Santa Casa de Assis (SP) parou de atender nesta terça-feira (4) os usuários do plano de saúde Iamspe, destinado aos servidores públicos estaduais.

Segundo a Santa Casa, após o vencimento do contrato entre a instituição e o convênio médico, em março deste ano, a unidade de saúde tentou entrar em negociações para o aumento do valor teto repassado à instituição.

Ainda de acordo com o hospital, o valor teto repassado para os serviços e atendimentos pelo plano era de aproximadamente R$ 120 mil. Porém, a quantia tornou-se insuficiente para a manutenção dos atendimentos e foi pedido um aumento equivalente a R$ 300 mil.

Como não houve acordo, a Santa Casa decidiu pela paralisação dos atendimentos aos usuários do plano de saúde Iamspe.

Em nota, o Iamspe informou que a decisão de não renovar o contrato foi uma escolha da Santa Casa de Assis e que os pacientes do convênio devem entrar em contato com o Centro de Atendimento Médico-Ambulatorial (CEAMA), para que o órgão faça o direcionamento a outras instituições.

#MAIS LIDAS DA SEMANA