Assis registra mais duas mortes e 78 novos casos de COVID-19

Foto: Divulgação

No final de semana em que o Brasil assistiu, com esperança, a ANVISA aprovar o uso emergencial das vacinas Coronavac e Oxford e a primeira brasileira ser vacinada pelo Governo do Estado de São Paulo, o município de Assis registrou mais duas mortes provocadas pela COVID-19.

Uma mulher de 70 anos, sepultada no domingo, e um homem de 85, sepultado nesta segunda-feira, são as mais recentes vítimas do novo coronavírus na cidade, que totaliza 46 óbitos desde o início da pandemia.

O mais recente boletim divulgado pela Secretaria Municipal da Saúde, na manhã desta segunda-feira, dia 18 de janeiro, anuncia um total de 3.158 casos ‘positivos’ da doença desde o início da pandemia. São 78 novos casos confirmados de COVID-19 desde a última sexta-feira, quando foi divulgado o boletim anterior.

De acordo com a Vigilância Epidemiológica, a cidade contabiliza 14.768 notificações, sendo que 10.215 testes ou exames apresentaram resultados negativos.

Nesta segunda-feira, 97 pessoas estavam aguardando resultados de exames encaminhados ao Instituto Adolfo Lutz e outras 1.384 continuavam à espera de ‘investigação ou encerramento de caso’.

Segundo a Secretaria Municipal da Saúde, nesta segunda-feira, os hospitais da cidade registravam 44 internações, sendo 24 de pacientes assisenses e o restante de moradores da região.

Dos 24 assisenses internados, sete pacientes -duas mulheres e cinco homens- estavam em leitos de UTI e 17 eram atendidos em enfermarias, sendo seis homens e 11 mulheres.

Entre as medidas que devem ser adotadas para evitar a transmissão do coronavírus estão manter todos os protocolos de higiene, ficar em casa, se possível, e usar máscaras ao sair de suas residências, medida já obrigatória em todo o estado de São Paulo e no município de Assis“, ressalta a Secretaria Municipal da Saúde.

VEJA TAMBÉM

#MAIS LIDAS DA SEMANA