Assis recebe novo lote de Coronavac e inicia vacinação de idosos com mais de 90 anos

Assis recebe mais 1.840 doses de Coronavac e imuniza profissionais da saúde e apoio no sábado (Foto: Divulgação/Prefeitura Municipal de Assis)

Na última terça-feira (02), a Prefeitura de Assis recebeu mais um lote de vacinas da marca CoronaVac, com 1.840 doses. Nesta quarta-feira (03), as unidades das Estratégias Saúde da Família começaram a imunizar os idosos com mais de 90 anos de idade. A vacinação acontecerá no domicílio do idoso.

No próximo sábado (06), das 8 às 16 horas, a Secretaria Municipal da Saúde pretende vacinar mil profissionais ligados à área da saúde na rede pública e privada. A imunização ocorrerá na Fundação Educacional do Município de Assis (FEMA). “É um espaço mais amplo, com vagas de estacionamento e evitaremos aglomeração nas Unidades de Saúde”, justificou a secretária municipal da Saúde, Cristiane Bussinati.

Para ser vacinado é necessário que o profissional da saúde faça seu pré-cadastro e sua inscrição com antecedência, mas, segundo informações, os cadastros já teriam sido encerrados nesta terça-feira em razão da grande procura.

A secretária da Saúde explicou que será “obrigatória a apresentação da carteira profissional do registro de classe ou holerite para receber a dose da vacina”, mesmo com o cadastro realizado.

Segundo critérios estabelecidos pela Secretaria Estadual da Saúde, e bastante questionados nas redes sociais, os trabalhadores de saúde que poderão se imunizar são “todos que atuam em espaços e estabelecimentos de assistência e vigilância à saúde, tais como hospitais, clínicas, ambulatórios, laboratórios e outros locais. Médicos, enfermeiros, nutricionistas, fisioterapeutas, terapeutas ocupacionais, biólogos, biomédicos, farmacêuticos, odontólogos, fonoaudiólogos, psicólogos, assistentes sociais, profissionais da educação física, médicos veterinários e seus respectivos técnicos e auxiliares, além do pessoal de apoio em serviços da saúde como recepcionistas, seguranças, trabalhadores da limpeza, cozinheiros e auxiliares, motoristas de ambulâncias”.

VEJA TAMBÉM

#MAIS LIDAS DA SEMANA