Florínea se aproxima da marca de 50% da população vacinada com a primeira dose contra Covid

Cidade tem cerca de 2,6 mil habitantes e mais de 1,2 mil (48,4%) receberam a primeira dose. Ações de prevenção, como testagem, também vêm sendo adotadas pela prefeitura para conter o avanço da pandemia.

Florínea chega a marca de 50% da população vacinada contra a Covid-19, segundo prefeitura — Foto: Reprodução/ TV TEM

Florínea chega a marca de 50% da população vacinada contra a Covid-19, segundo prefeitura — Foto: Reprodução/ TV TEM

A prefeitura de Florínea (SP) divulgou no último sábado (12) que se aproxima da marca de 50% da população da cidade já vacinada com a primeira dose contra a Covid-19, conforme dados do Vacinômetro.

O município tem pouco mais de 2,6 mil habitantes, segundo estimativa do IBGE, e já aplicou a primeira dose em 1.283 moradores (48,4% da população). Já a segunda dose tem cobertura bem inferior, de apenas 19,6% (520 moradores totalmente imunizados).

Segundo a prefeitura, já foram imunizados as pessoas a partir de 18 anos com comorbidades, profissionais da saúde, o público com síndrome de Down, profissionais da educação e aqueles com deficiência permanente, que recebem o BPC.

Atualmente, as ações de imunização da cidade são destinadas às pessoas com 55 anos ou mais, sem comorbidades, e as aplicações são feitas das 9h às 16h, no Posto de Saúde da cidade.

Testagem

Segundo a prefeitura, além da vacinação, estão sendo realizadas ações para testar a população. Na primeira etapa, foram testadas as pessoas que trabalham no comércio local e também fora do município. A partir desta segunda-feira (14), começaram a ser testados os funcionários públicos da prefeitura.

Testagens para a Covid-19 estão sendo feitas em Florínea para prevenir novas contaminações — Foto: Prefeitura de Florínea/ Divulgação
Testagens para a Covid-19 estão sendo feitas em Florínea para prevenir novas contaminações — Foto: Prefeitura de Florínea/ Divulgação

As ações estão acontecendo no posto de saúde da cidade mediante agendamento prévio que é realizado pelas agentes de saúde comunitárias com as informações do cadastro que todos os moradores têm na unidade de saúde. A população é informada por telefone.

Os pacientes diagnosticados com o coronavírus são monitorados e as agentes de saúde fazem visitas as suas casas com visita e um acompanhamento por telefone.

Para evitar aglomerações, uma equipe de vigilância 24 horas está atendendo denúncias e fazendo ronda nos bairros de Florínea.

Desde o início da pandemia, a cidade registra 323 casos positivos de coronavírus. Destes, 253 são pacientes considerados curados e sete moradores morreram até agora.

#MAIS LIDAS DA SEMANA