O novo grupo será responsável pela análise e aprovação das atividades desenvolvidas, demonstrativos contábeis e financeiros nos próximos dois anos (Foto: Divulgação)

No domingo (13), o Hospital Santa Casa de Misericórdia de Paraguaçu Paulista elegeu a nova mesa diretora, com mandato para 2022 a 2024.

O grupo é integrado por membros da irmandade, funcionários e representantes da comunidade e será responsável pela análise e aprovação das atividades desenvolvidas, demonstrativos contábeis e financeiros nos próximos dois anos.

Fazem parte da nova diretoria da mesa administrativa: como presidente, Danilo Teixeira Dore; vice-presidente, Wadson Moura Caetano; 1ª secretária, Solange Maria Maximiano Pádua; e 2º secretário, Paulo James Ribeiro.

Da diretoria administrativa, fazem parte: como provedor, Godofredo Ribeiro de Freitas Filho; vice-provedor, José Ulisses Monteiro Decanini; primeiro secretário, Diego Teixeira Gonçalves; 2º secretário, Edher Henrique de Freitas Camussi; 1º tesoureiro, Ricardo Prado de Oliveira; 2º tesoureiro, José Burati Neto; e procurador jurídico, André Toshio Ishikawa.

O conselho fiscal é formado por: Márcio José de Paiva; Marcos Rodrigues da Silva; e Marcos Oldack.

A coordenadora executiva do corpo de enfermagem da Santa Casa de Paraguaçu, Lucilene Tonelli, informou que atualmente a instituição passa por uma gestão bastante controlada, com o pagamento dos salários e dos fornecedores em dia, com os reajustes salarias feitos de acordo com os dissídios de cada categoria, com treinamentos periódicos das equipes para acolhimento dos pacientes que chegam fragilizados ao hospital e com governança para melhor administração de recursos financeiros e materiais.

“É um tarefa difícil, porque trabalhamos com uma tabela defasada do SUS que não cobre todos os custos da internação. Então, a Santa Casa tem que lançar mão de meios como a internação de convênios e particulares, além de emendas parlamentares para manter viável o serviço. Além disso, temos uma equipe maravilhosa que trabalha muito para que a gente consiga manter todos esses serviços”, esclareceu a gestora.

Lucilene acrescenta que a Santa Casa de Paraguaçu Paulista é referência nacional em prestação de contas. “Estamos com as nossas prestações de contas dos recursos que vêm do estado, da federação, em ordem, todas sempre foram aprovadas”, pontuou Lucilene Toneli.

Assine nossa newsletter

Receba as notícias do AssisNews diretamente em seu email.

VOCÊ PODE GOSTAR

Mulher morre após acidente com três carros na rodovia em Paraguaçu

Automóvel em que estava vítima capotou após outro veículo tentar ultrapassá-lo.

Fiscalização policial apreende quase 313 kg de maconha que estavam dentro de pneus de caminhão

Indivíduo foi apresentado na Delegacia da Polícia Federal de Presidente Prudente.

Acidente no centro de Cândido Mota deixa duas vítimas feridas

Acidente aconteceu no fim da manhã desta terça-feira, dia 21.