Fique conectado

Comércio

Pequenos estabelecimentos varejistas geram vagas em Assis em 2017

No ano de 2017, de janeiro a junho, as empresas com até quatro funcionários possuem geração de 65 vagas.

Publicado em

278

Pequenos estabelecimentos varejistas geram vagas em Assis em 2017 (Foto: Reprodução)

Naturalmente não é de hoje que se sabe e se noticia o quanto a atual crise brasileira assola o comércio varejista. Dentre as formas deste impacto, frisa-se o impacto ao mercado de trabalho formal do varejo, principalmente nos anos de 2015 e 2016, mas ainda com importantes reflexos negativos também em 2017. Contudo, a FecomercioSP, na tentativa de aprofundar sua observação dos reflexos da atual recessão na movimentação de vínculos celetistas nos setores varejistas, não apenas o fez ao cunho regional e municipal, mas também, neste caso, para o porte dos estabelecimentos. Isto é, aplicamos uma lupa ao desempenho do mercado de trabalho dos municípios, por atividades varejistas e tamanhos dos estabelecimentos, para avaliar em qual extrato por porte de empregadores há mais destaque.

No município de Assis, em junho de 2017, o varejo passou por uma perda de 76 vagas. Se fossemos avaliar apenas estabelecimentos varejistas com até 4 empregados no início do ano, o saldo seria negativo em apenas 7 postos de trabalho, puxado pelas lojas de eletrodomésticos e eletrônicos, com -6 vagas. No restante dos extratos há retração de vagas ou estabilidade, com exceção aos três vínculos criados por estabelecimentos varejistas com 50 a 99 trabalhadores empregados.

No ano de 2017, de janeiro a junho, o varejo de Assis perdeu 155 vagas formais, porém observando o desempenho pelo tamanho dos estabelecimentos visualiza-se que as empresas com até quatro funcionários possuem geração de 65 vagas. Nos estabelecimentos com cinco funcionários ou mais, o saldo é negativo em 220 vagas neste primeiro semestre.

Em doze meses, no saldo acumulado de julho de 2016 a junho de 2017, quando há extinção de 230 postos de trabalho no varejo local, considerando apenas os estabelecimentos com até quatro trabalhadores em seu quadro funcional, o saldo é positivo em 110 novos vínculos trabalhistas formais. Mais uma vez, em todos os outros extratos de estabelecimentos há mais desligamentos que admissões, ou praticamente estabilidade. Destaca-se o desempenho dos estabelecimentos de materiais de construção com até quatro trabalhadores, que em 12 meses possuem geração de 49 vínculos celetistas.

Os números acima mostram uma realidade interessante em Assis. No semestre e em doze meses há geração de postos de trabalho celetistas em pequenos estabelecimentos, com até quatro trabalhadores. Em momentos em que há menos admissões que desligamentos no total do varejo, as pequenas empresas amenizam um saldo que poderia ser pior, e em momentos com saldo positivo de vagas, estes estabelecimentos potencializam a geração de vínculos.

Algumas análises podem ser tiradas destes números. Primeiramente, mesmo num momento de retração do emprego, os pequenos estabelecimentos, por características intrínsecas ao seu tamanho, têm menos capacidade de subsistir diminuindo quadro funcional, portanto os que mantem portas abertas possuem ao menos mais estabilidade de vagas. Outra importante realidade é o aumento de micro e pequenas empregadores, muitos formados por antigos trabalhadores celetistas que foram desligados anteriormente.

Ressalta-se, por fim, as características do pequeno varejo, muitos localizados em bairros, com proximidade e fidelidade de clientes bastante significativas. Em suma, mesmo em crises, o desempenho dos pequenos estabelecimentos é um alento e tem ao menos caráter estabilizador, para não dizer de destaque pela geração de novas oportunidades de trabalho formal.

Publicidade

Comércio

Comércio de Assis fica aberto em horário especial nesta sexta-feira

Alteração no horário é devido às comemorações do Dia dos Pais.

Publicado em

Assessoria
Centro da cidade de Assis (Foto: AssisNews)

Faltando poucos dias para o próximo domingo, Dia dos Pais, as lojas do comércio de Assis se preparam para receber os consumidores em horário especial de atendimento nesta sexta-feira, dia 9 de agosto, até às 22 horas. No sábado, 10, o horário será das 9h às 17 horas, de acordo com calendário sugestivo da ACIA – Associação Comercial e Industrial de Assis.

O Dia dos Pais é a quarta mais importante do calendário festivo e costuma movimentar especialmente os segmentos de confecção, calçados, eletroeletrônicos e perfumaria. Segundo um levantamento realizado pelo Google, 41% das pessoas pretendem comprar os presentes na véspera ou até na própria data e 38% planejam gastar mais com a “lembrança” do papai em 2019.

O diretor do Comércio da ACIA, Nilson Mello, recomenda aos lojistas que ainda dá tempo de caprichar na vitrine, na página na internet ou redes sociais, visando incremento no faturamento no período.

“O mês de agosto se beneficia dessa tradição em se presentear os pais, o que costuma representar um bom reforço no movimento. Mas é preciso aproveitar o apelo da data para atrair o cliente. Sempre é possível conseguir bons resultados com criatividade. É fundamental que o lojista invista em uma bela vitrine e, por exemplo, nos meios que facilitam a forma de pagamento”, afirma.

Dados nacionais

Levantamento realizado pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) e pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) nas 27 capitais brasileiras constatou que 67% dos consumidores pretendem ir às compras em razão do Dia dos Pais. A taxa representa um aumento de seis pontos percentuais em relação a 2018. Na prática, isso significa que aproximadamente 105 milhões de pessoas devem comprar presentes para o segundo domingo de agosto. O valor que os entrevistados pretendem desembolsar com os “mimos” também subiu: em média, pretende-se gastar R$ 189,98, R$ 41 a mais do que em 2018 – gerando no comércio um movimento de cerca de R$ 20 bilhões.

Continue lendo

Comércio

Comércio de Assis abre em horário especial no feriado de 9 de julho

Feriado é estadual e comemora a Revolução Constitucionalista.

Publicado em

Assessoria
Comércio de Assis (Foto: AssisNews)

Para que os consumidores programem suas compras, a Associação Comercial e Industrial de Assis (ACIA) comunica que no dia 9 de julho (terça-feira), feriado estadual da Revolução Constitucionalista, as lojas devem abrir em horário especial, das 10h às 16 horas, conforme acordo pré-estabelecido na Cláusula 16 da Convenção Coletiva 2018/2019 entre Sindicatos (Sincovama e Sincomerciários).

A data do feriado cai bem na semana em que as vendas estão aquecidas no comércio e, apenas um dia fechado, prejudica o faturamento das lojas, refletindo na economia local. O incentivo é para que o comerciante aproveite a data para fazer promoções e ações de marketing diferenciadas para atrair os consumidores para dentro das lojas.

Os empresários que queiram tirar dúvidas a respeito da abertura do comércio nesta data devem entrar em contato diretamente com o Sincovama pelo 3322-8940 ou Sincomerciários pelo 3322-2611.

Continue lendo

Comércio

Comércio abre em horário especial nesta terça-feira

Os lojistas vão atender até às 22h para tentar levantar as vendas com as promoções para a data comemorativa.

Publicado em

Do AssisNews

Centro da cidade de Assis (Foto: AssisNews)

Para aproveitar ao máximo a terceira data mais importante para as vendas do ano, os comerciantes de Assis (SP) vão estender o horário de funcionamento das lojas na terça-feira (11), véspera do Dia dos Namorados. Os lojistas vão atender até às 22h para tentar levantar as vendas com as promoções para a data comemorativa.

Veja Também

De acordo com pesquisa realizada pela Boa Vista SCPC, os consumidores devem gastar em média R$ 200,00 nos presentes para seus companheiros – uma alta de cerca de 5% se comparado com o mesmo período em 2018.

Ainda segundo a pesquisa, as roupas devem liderar entre os presentes, com 30% das intenções de compra, seguidas por jantar romântico, show e cinema (19%); perfumaria (13%); joia ou relógio (10%); celulares e smartphones (9%); informática (8%); viagem romântica (7%); flores (2%), e chocolates (2%).

Mesmo com crescimento baixo da economia brasileira, os comerciantes estão confiantes. “A perspectiva de aumento nas vendas é moderada. O clima também influencia na compra, observamos que o frio chegou e o setor de vestuário deve estar aquecido nesta terça. Além disso, o comportamento do consumidor assisense tem mudado e os restaurantes também devem receber muitos casais na quarta-feira, dia 12”, ressalta a gerente da ACIA, Gheisa Alexandre.

Continue lendo
WhatsAssp AssisNews
Solutudo 300
Publicidade

FaceNews

Mais lidas