Educação convoca 40 agentes de organização escolar para escolha de vagas em Assis

Concurso realizado em 2012 já chamou mais de 20 mil profissionais; número é 261% maior que o divulgado inicialmente.

Educação convoca 146 agentes de organização escolar para escolha de vagas na região de Marília

A Secretaria da Educação do Estado de São Paulo convoca, a partir de amanhã, dia 14, mais 5.645 mil agentes de organização escolar para escolha de vagas. Os nomes foram divulgados na edição da última terça-feira (7) no Diário Oficial do Estado. Só na região de Marília (SP), são 146 agentes chamados, sendo que na Diretoria de Ensino de Assis (SP) serão convocados 40 agentes de organização escolar, lembrando que a DE de Assis abrange as cidades de Assis, Bora, Cândido Mota, Cruzalia, Florínia, Iepe, Lutecia, Maracaí, Nantes, Palmital, Paraguaçu Paulista, Pedrinhas Paulista, Platina e Tarumã. Os profissionais foram aprovados no concurso realizado em 2012 e agora devem comparecer à diretoria regional de ensino em que estão inscritos.

Para efetivar a escolha, é preciso apresentar RG e CPF, além de endereço de e-mail para receber atualizações. Inicialmente, o certame ofertava 9.932 vagas. Desde o ano passado foram autorizados novos cargos, que totalizam 25.965 mil agentes nomeados – número 261% superior à previsão inicial.

Atualmente, os agentes de organização escolar têm salários mensais de R$ 971,78 para uma jornada de 40 horas semanais. Com a evolução por faixas e níveis, o salário poderá chegar a R$ 2.373,71. Entre as funções desses profissionais está a de controlar a movimentação dos estudantes nas dependências da escola e auxiliar a manutenção da disciplina geral.

“O agente de organização tem um papel indispensável dentro das escolas, eles são os olhos e ouvidos dos gestores nas unidades escolares. Este ano, de maneira inédita, implantamos a promoção salarial para o quadro de apoio escolar. No caso dos agentes de organização, o aumento pode chegar a 35%”, afirma o secretário da Educação, professor Herman Voorwald.

Prova de valorização

Assim como os professores da rede estadual, os funcionários de apoio têm à disposição três opções de aumento salarial. O primeiro deles é o reajuste concedido anualmente pela Pasta que, este ano, somou 45% em quatro anos. A segunda forma é a aceleração por faixas por meio da prova de valorização pelo mérito. E por fim, a terceira, a progressão por desempenho.

#MAIS LIDAS DA SEMANA