Circuito Sesc de Artes será no dia 16/06 em Assis

Serão 5 atrações de música, dança, teatro, circo e intervenções artísticas. Toda a programação é gratuita.

FAC – Circuito Sesc de Artes em ASSIS

Entre os dias 7 e 23 de junho o Sesc realiza o Circuito Sesc de Artes 2013 que irá percorrer 102 cidades do interior, litoral e Grande São Paulo com uma programação cultural diversificada e itinerante, dividida em 12 roteiros diferentes – o dobro da edição anterior – e que reúne mais de 340 artistas nacionais e internacionais.

Em Assis, o Circuito Sesc de Artes 2013 acontece no dia 16 de junho, domingo, a partir das 16h30 na Praça Arlindo Luz. Serão 5 atrações de música, dança, teatro, circo e intervenções artísticas. Toda a programação é gratuita.

O Circuito Sesc de Artes é um projeto de circulação desenvolvido pelo Sesc, com o objetivo principal de democratizar o acesso aos bens culturais, levando atividades nas diversas linguagens artísticas para centenas de cidades do Estado, prioritariamente em municípios onde o Sesc não está instalado com suas unidades operacionais, estreitando as relações com a audiência e parceiros das cidades com o Sesc. Toda a programação ocorre em parceria com as Prefeituras e Sincomercio local.

A programação que acontece em Assis faz parte do “Roteiro12”, que vai passar também por Fernandópolis, Jales, Santa Fé do Sul, Avaré e Garça.

Tem como objetivo principal, promover a circulação de trabalhos artísticos de qualidade, nas diferentes linguagens e a formação de plateias, além do estreitamento de relações com a audiência e parceiros das cidades onde o Sesc não está instalado. Além disso, como toda programação acontece em praças, parques e centros culturais, o circuito também ajuda a reforçar a ideia de que o espaço público é um espaço de convivência e de encontro.

PROGRAMAÇÃO DO CIRCUITO SESC DE ARTES 2013 EM ASSIS
A programação do Circuito Sesc de Artes conta com grupos vindos de diversos estados brasileiros como São Paulo, Rio de Janeiro, Pernambuco, Ceará, Mato Grosso, Santa Catarina, Rio Grande do Sul e ainda do Distrito Federal. Há também artistas internacionais, como da Argentina.

CIRCO

Fábrica de Brinquedos

Cia. LaMala (Santo André -SP)

Eis um divertido espetáculo circense, no qual um fabricante de brinquedos apresenta ao público as suas criações. É um ambiente de laboratório: um inventor e seus brinquedos inusitados, além de uma boneca que tem vida e surpreende até seu criador. Todos interagem de maneira lúdica e proporcionam uma deliciosa e mágica visita ao imaginário infantil. A acrobacia e a música são os elementos fortes do espetáculo.

Direção: Marcelo Lujan / Elenco: Marina Bombachini e Carlos Cosmai / Preparação de Elenco: Daniela Rocha Rosa / Figurino: Lua Wagner.

Duração: 50 minutos.

TEATRO

O Lançador de Foguetes

Grupo de Teatro de Pernas Pro Ar (RS)

Virtuoso pela utilização do diabolo (malabares com ilusionismo), excêntrico por seu personagem (um “cientista”, que se baseia em princípios da física quântica), O Lançador de Foguetes quer mostrar que o pensamento também é energia que se materializa. O personagem usa seu triciclo e a cenografia para buscar o lugar ideal para lançar foguetes e ideias. Personagem instigante, o lançador busca parceiros para esta jornada, e, em meio a uma trilha sonora empolgante, lança seus foguetes ao ar.

Ator/Diretor/Cenografia: Luciano Wieser / Figurinos, maquiagem e assistência de direção: Raquel Durigon / Contrarregra: Txai D Wieser

Duração: 60 minutos.

DANÇA 

Metáfora do Confronto

Cia. Gente (SP)

Espetáculo que integrou a programação do Festival Europalia, na Bélgica, em 2011, o Metáfora do Confronto discute a relação do movimento com a cidade e suas tensões. Os bailarinos interagem com o público e propõem uma experiência que interroga a ausência das relações afetivas e convida a um reencontro das pessoas com o gesto, o movimento e o olhar como canal de comunicação.

Argumento e direção: Paulo Emílio Azevedo / Direção (assistente e técnica): Filipe Itagiba / Intérpretes criadores: João C. Silva e Aline Corrêa / Produção: Jaqueline de Castro / Música: Many Fingers.

Duração:15 a25 minutos.

INTERVENÇÃO 

Várzea Ilustrada (SP)

Várzea Ilustrada é um coletivo de artistas envolvidos na produção e manipulação de imagens em tempo real, utilizando principalmente projeção e animação quadro a quadro como ferramenta de trabalho. O grupo, criado em 2010, desenvolve projetos experimentais e já realizou trabalhos em projeções para várias marcas, além de ter participado de diversos projetos culturais.  Nesta intervenção, o coletivo utiliza fotos e imagens captadas na cidade, criando animações e projetando-as em tempo real.

Integrantes: André Catoto, Gabriel Bitar, Nana Lahóz, Ihon Yadoya / Convidados: Otávio Zani, Andressa Vianna de Souza.

Duração: em torno de 60 minutos.

MÚSICA 

Gil 70

Lucas Santtana e Bixiga 70 (SP)

Em homenagem a Gilberto Gil, Lucas Santtana e Bixiga 70 executam novas versões para algumas das canções mais representativas que o músico gravou ao longo dos anos 70, período no qual teve grande influência de ritmos africanos, jamaicanos e latinos. Cantor, compositor e instrumentista baiano – como Gil –, Santtana sobe ao palco com o grupo paulistano de afrobeat Bixiga 70. Ele tem bagagem específica: já integrou a banda de Gil (tocando flauta) e participou do Acústico MTV (1994). O grupo interpreta versões de Refazenda, Realce e Lugar Comum. No show, estas e outras canções ganham novas versões.

Concepção e realização: Lucas Santtana e Bixiga 70. Músicos: Décio 7 (bateria)/ Cris Scabello (guitarra)/ Maurício Fleury (teclados e guitarra)/ Marcelo Dworecki (baixo)/ Gustávo Cék (percussão)/ Rômulo Nardes (percussão)/Cuca Ferreira (saxofone barítono e flautim); Daniel Nogueira (saxofone tenor)/ Daniel Gralha (trompete)/Douglas Antunes (trombone)/ Lucas Santtana (voz).

Duração: 80 minutos. 

Histórico – Circuito Sesc de Artes

A edição 2012 percorreu 88 cidades com mais de 58 atrações. O Circuito Sesc de Artes tem como marco inicial o projeto Lorca na Rua, realizado em 1998. O conceito do que seria uma programação específica para esse projeto foi sendo construído ao longo desse período, sempre com o objetivo de levar a produção artística contemporânea para diferentes cidades do interior, utilizando recursos das unidades já existentes nessas regiões. A proposta se intensificou entre 2002 e 2007, com as itinerâncias das programações de quatro edições da Mostra Sesc de Artes. A partir de 2008, esta ação itinerante torna-se independente da programação das Mostras e passou a adotar a atual denominação, Circuito Sesc de Artes, com a realização anual a partir de 2010.

Serviço:

Circuito Sesc de Artes 2013, em Assis, dia 16 de junho, domingo, a partir das 16h30. Praça Arlindo Luz. Grátis. Mais informações pelo telefone (14) 3235.1750 de terça a sexta, das 13h às 21h30; sábado, domingo e feriado das 9h30 às 18h; ou Assessoria de Imprensa Circuito Sesc de Artes 2013 pelo telefone (11) 3258-4780. Programação completa: www.sescsp.org.br/circuito

VEJA TAMBÉM

#MAIS LIDAS DA SEMANA