Um aumento dos combustíveis no Brasil é algo que ocorrerá “certamente”, mas ainda não há prazo para isso acontecer, afirmou nesta terça-feira (16) a presidente da Petrobras, Maria das Graças Foster.

“O aumento de combustíveis certamente virá. Quando? Não tem data, é importante dizer”, afirmou ela a jornalistas após ser homenageada em almoço no Copacabana Palace, promovido pelo Lide (Grupo de Líderes Empresariais).

Graça ressaltou, no entanto, que o aumento não ocorrerá no curto prazo. “Não há previsão para aumento de combustíveis. Se você olha o longo prazo, médio prazo, eu diria que sim . Mas quando você olha o curto prazo, não há previsão para aumento de combustível no país”, afirmou.

De acordo com a executiva, a empresa não vai esperar um aumento de combustível para melhorar seu fluxo de caixa, e por isso busca operar de forma mais eficiente. A Petrobras atualmente trabalha com margens ruins na área de abastecimento por importar combustível a preços mais altos do que vende no mercado interno.

A executiva disse que um esperado aumento da mistura de etanol na gasolina seria importante para a empresa, pois reduziria a necessidade de importação do combustível fóssil.

Deixe um comentário

Esta é uma área exclusiva para membros da comunidade

Faça login para interagir ou crie agora gratuitamente sua conta e faça parte.

Assine nossa newsletter

Receba as notícias do AssisNews diretamente em seu email.

VOCÊ PODE GOSTAR

INSS começa a pagar hoje décimo terceiro antecipado

Até 6 de maio, 31 milhões de pessoas receberão a primeira parcela.

Receita abre hoje consulta ao lote residual de restituição

Lote contempla restituições residuais de exercícios anteriores.

Inscrições para o Bolsa Empreendedor encerra nesta terça, dia 12

Mulheres tem prioridade no programa.