Horário de Verão reduziu 0,4% do consumo de energia na região de Assis

Segundo Grupo Rede Energia a expectativa inicial de redução no consumo de energia em 0,4% se manteve

Termina no próximo domingo, dia 17 de fevereiro, o horário de verão brasileiro. Os relógios deverão ser atrasados em uma hora à meia noite de sábado, dia 16 de fevereiro. O horário de verão brasileiro começou no dia 21 de outubro, do ano passado, durou 120 dias e atingiu as regiões Sul, Sudeste, Centro Oeste do país, estado do Tocantins e Distrito Federal. O horário de verão foi instituído pelo decreto do Ministério das Minas e Energia nº 6.558 de 8 de setembro de 2008 e o objetivo principal é a redução da demanda (potência em kW) no horário de maior carga do sistema, ou seja, das 18h às 21h.

Na área de concessão da Vale Paranapanema, a expectativa inicial se manteve, ou seja , houve uma redução no consumo de energia 0,4%, o equivalente à diminuição de uma hora por dia do uso da iluminação residencial devido à maior utilização da luz natural: ” Foi uma economia de energia que possibilitou abastecer durante um mês, uma cidade com 20 mil 679 habitantes”, disse o gerente regional da Vale Paranapanema, José Maurício Falqueiro.

Já a redução da demanda ficou em torno de 4,7%, o que, segundo o gerente, deixou o sistema de transmissão mais seguro: ” Com o horário de verão evita-se a sobrecarga do sistema, ou seja, as pessoas mudam os hábitos, há um alívio no uso dos sistemas de transmissão e distribuição de energia nos horários de pico. Por exemplo, no início da noite, o consumo de energia residencial é diluído e normalmente não coincide com o horário em que as luzes da iluminação pública são acesas, isso torna o sistema de distribuição mais seguro e menos sujeito às interrupções de emergência”, disse.

#MAIS LIDAS DA SEMANA