A Secretaria da Receita Federal informou que recebeu, até as 10h desta segunda-feira (29), 20.052.542 milhões declarações do Imposto de Renda 2013. O número corresponde a cerca de 77,3% do total de declarações esperadas este ano pelo Fisco.

Ou seja, ainda faltam cerca de 5,9 milhões de declarações (cerca de 22,7%) para serem recebidas, uma vez que a Receita espera receber mais de 26 milhões de documentos neste ano, um recorde em relação aos anos anteriores.

O prazo começou em 1º de março e termina nesta terça-feira (30).

O Fisco alerta para o risco das pessoas deixarem para enviar a declaração nos últimos dias, pois muitos contribuintes podem encontrar dificuldades devido ao acumulo de acessos ao endereço da Receita.

Segundo a Receita Federal, estão obrigadas a apresentar a declaração as pessoas físicas que receberam rendimentos tributáveis superiores a R$ 24.556,65 em 2012 (ano-base para a declaração do IR de 2013). Veja outras situações que obrigam o contribuinte a declarar Imposto de Renda.

Declarar IR pode garantir renda para quem não é obrigado. Especialistas em Imposto de Renda recomendam que os contribuintes separem os documentos necessários para fazer a declaração deste ano, não deixem para entregar o documento na última hora e prestem atenção redobrada na hora do preenchimento – como forma de evitar a chamada malha fina.

Quem perder o prazo estará sujeito à multa mínima de R$ 165,74, limitada a 20% do imposto devido.

Deixe um comentário

Esta é uma área exclusiva para membros da comunidade

Faça login para interagir ou crie agora gratuitamente sua conta e faça parte.

Assine nossa newsletter

Receba as notícias do AssisNews diretamente em seu email.

VOCÊ PODE GOSTAR

Inscrições para o Bolsa Empreendedor encerra nesta terça, dia 12

Mulheres tem prioridade no programa.

Receita abre hoje consulta ao lote residual de restituição

Lote contempla restituições residuais de exercícios anteriores.

Divulgação de preços dos combustíveis tem novo formato a partir de sábado

O objetivo da mudança é deixar o preço do combustível mais preciso e claro para o consumidor.

INSS começa a pagar hoje décimo terceiro antecipado

Até 6 de maio, 31 milhões de pessoas receberão a primeira parcela.