Bancários aprovam pauta de reivindicações para Campanha Nacional 2014

Dentre as reivindicações aprovadas estão o fim das demissões, mais contratações, aumento da inclusão bancária, fim da rotatividade.

Bancários aprovam pauta de reivindicações para Campanha Nacional 2014

Quatro diretores do Sindicato dos Bancários de Assis e Região, – Silvio, Douglas, Nilton e Julia – participaram da 16ª Conferência Nacional dos Bancários, com quase 700 delegados, e que aprovou na plenária final, realizada no domingo, 27, em Atibaia, a estratégia, o calendário e a pauta de reivindicações da Campanha 2014, que terá como eixos centrais reajuste de 12,5%, valorização do piso salarial, defesa do emprego, fim da terceirização e combate às metas abusivas e ao assédio moral.

O diretor Silvio Roberto de Freitas, explica que a Campanha Salarial deste ano pretende mobilizar os bancários para que as condições de trabalho nos bancos possam melhorar e extinguir o assédio moral nas agências. “Queremos acabar com a rotatividade que reduz os salários. Vamos lutar pela estabilidade dos bancários para que tenham tranquilidade com garantia de seus empregos”, destaca.

Dentre as reivindicações aprovadas estão o fim das demissões, mais contratações, aumento da inclusão bancária, fim da rotatividade, combate às terceirizações diante dos riscos de aprovação do PL 4330 na Câmara Federal, do PLS 087 no Senado e do julgamento de Recurso Extraordinário com Repercussão Geral no STF. Além da aprovação da Convenção 158 da OIT, que proíbe as dispensas imotivadas. Prevenção contra assaltos e sequestros. Igualdade de oportunidades para todos, pondo fim às discriminações nos salários e na ascensão profissional de mulheres, negros, gays, lésbicas, transsexuais e pessoas com deficiência (PCDs).

Calendário de luta

O Comando Nacional dos Bancários se reunirá nos próximos dias para definir a data de entrega da pauta de reivindicações à Fenaban e o calendário de negociações, assim como as assembleias para aprovação da minuta e a data das seguintes atividades:
> Dia Nacional de Luta pela Segurança.
> Dia Nacional de Luta contra a Terceirização.
> Dia Nacional de Luta pelo Emprego.
> Paralisação nacional de duas horas contra as metas abusivas.
> Dia Nacional de Luta no Santander.
> Mobilização Nacional pelo Plebiscito da Reforma Política.
> Mobilização Nacional pela Democratização da Mídia.

VEJA TAMBÉM

#MAIS LIDAS DA SEMANA