Cade indica aprovação de compra pelo Bradesco

De acordo com o Cade, mesmo com a aquisição do HSBC o Bradesco segue como quarto maior banco do país, com menos de 20% de mercado.

Cade indica aprovação de compra pelo Bradesco
Cade indica aprovação de compra pelo Bradesco

A Superintendência-Geral do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) recomendou a aprovação da compra do HSBC pelo Bradesco, desde que haja a celebração de um Acordo em Controle de Concentrações (ACC) entre Bradesco e Cade. O negócio ainda terá de ser aprovado pelo tribunal do Conselho, que pode autorizar ou não a compra, ou ainda determinar a adoção de outras medidas para evitar problemas relacionados à concorrência.

De acordo com o Cade, mesmo com a aquisição do HSBC o Bradesco segue como quarto maior banco do país, com menos de 20% de mercado, atrás de BB, Caixa e Itaú. Entretanto, foram identificados no Bradesco problemas como baixa portabilidade e grande número de reclamações de clientes.

O acordo prevê medidas como a melhoria de indicadores de portabilidade da conta salário, operações de crédito e qualidade, treinamentos. Se for efetivado, seu descumprimento resulta em multas. “Estamos acompanhando os passos do negócio. Nossa luta é na defesa dos empregos e direitos dos bancários, mesmo com a afirmação de que não haverá demissão em massa decorrente do processo de aquisição”, enfatiza presidente do Sindicato dos Bancários de Assis e Região, Helio Paiva Matos. Qualquer processo de demissão ou piora nas condições de trabalho devem ser denunciados pelos funcionários de ambos os bancos ao Sindicato.

#MAIS LIDAS DA SEMANA