Na foto, aluna Vanessa do curso de Enfermagem da Fema.
Na foto, aluna Vanessa do curso de Enfermagem da Fema.

Em dezembro de 2012 a aluna, Vanessa Ramos da Silva, do 4º ano do curso de Enfermagem da Fundação Educacional do Município de Assis – Fema, teve seu artigo completo publicado na Revista Cadernos da UniFOA – Centro Universitário de Volta Redonda, RJ. A revista é um veículo de divulgação técnica e científica da instituição que tem como objetivo divulgar resultados de pesquisas realizadas em todo o país.

Na produção do artigo Vanessa contou com a orientação da Profa. Dra. Elizete Mello da Silva, co-orientação da professora Maria José Caetano Ferreira Damasceno e colaboração do aluno de Medicina da UniFOA, Glauber Correia de Oliveira. O artigo “A contribuição da musicoterapia na saúde do idoso” foi enviado em fevereiro de 2012 e em dezembro do mesmo ano a aluna recebeu a confirmação da publicação do estudo na seção “Ciências da Saúde e Biológicas” da Edição nº 20 – 12/2012 da Revista Cadernos da UniFOA. O estudo publicado fez parte da pesquisa realizada por Vanessa durante o segundo ano de Enfermagem, no Programa de Bolsa Científica PIC, onde participou como voluntária.

O artigo publicado trata da musicoterapia, reconhecida recentemente como ciência, mas já utilizada desde a antiguidade de diversas maneiras como medida preventiva e até como terapêutica, em casos de depressão e de alguns distúrbios neurodegenerativos. Nele a aluna fala da terapia de forma ativa, quando o próprio paciente utiliza algum instrumento; e passiva, quando o terapeuta utiliza-se da música para realizar o tratamento. O estudo visou mostrar os benefícios que a musicoterapia proporciona para os idosos, direta ou indiretamente, ou seja, como a musicoterapia pode melhorar a qualidade de vida dos idosos e prevenir ou auxiliar o tratamento de doenças, comuns nessa faixa etária, e suas comorbidades. Após o estudo, que envolveu uma ampla revisão bibliográfica de artigos relacionados ao tema nos bancos de dados Lilacs, Bireme, Bvs, Scielo, Revista Eletrônica de Enfermagem, Embap, Usp, Fap e ABC, a pesquisa concluiu que a musicoterapia tem papel importante como terapêutica multidisciplinar e na prevenção de diversas doenças comuns das pessoas idosas, principalmente HAS, Alzheimer, Parkinson, dor Musculoesquelética e Depressão, além de melhorar a qualidade de vida dos idosos de maneira geral.

Vanessa que está no 4º ano de Enfermagem da Fema, é bolsista do Pibic Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica – PIBIC (CNPq / FEMA) orientada pelo Prof. Dr. Luciano Lobo Gatti. Em 2011 a aluna desenvolveu um “Estudo da Incidência e Titulação de Anticorpos Igg Anti Toxoplasma Gondii em alunos do sexo feminino e masculino da Fundação”, atualmente ela realiza o estudo “Doença Hemolítica: o conhecimento do Enfermeiro influenciando em sua atuação enquanto cuidador e orientador”. Em setembro de 2012 a aluna Vanessa, e outros alunos de Enfermagem da Fema também participaram VI Simpósio Internacional de Enfermagem – SIEN, evento realizado pela renomada Sociedade Beneficente Israelita Brasileira “Albert Einstein” e considerado um dos mais importantes da área.

Interessados podem conferir o artigo da aluna Vanessa no endereço eletrônico http://www.unifoa.edu.br/cadernos/numeros_20.html. Para saber mais sobre o curso de Enfermagem da Fema e acompanhar as notícias da Fundação acesse www.fema.edu.br.

Deixe um comentário

Esta é uma área exclusiva para membros da comunidade

Faça login para interagir ou crie agora gratuitamente sua conta e faça parte.

Assine nossa newsletter

Receba as notícias do AssisNews diretamente em seu email.

VOCÊ PODE GOSTAR

Aluno do 6º ano conquista medalha de ouro em olimpíada internacional de matemática

O autor do feito é o aluno Nicolas Oliveira, de 11 anos e aluno do 6º ano do fundamental.

EMEI Pequeno Polegar realiza exposição do meio ambiente

Atividades foram em alusão ao mês comemorativo de preservação do planeta.

Capacita Gov.br oferece cursos gratuitos de transformação digital

Novo ambiente reúne 74 cursos; seis são novos e têm inscrições abertas.