Fema promove atendimento psicoterápico para alunos de Enfermagem e Direito

O atendimento foi realizado em parceria com a Unesp de Assis

Professora e vice –diretora da Fema, Drª Elizete, Dr. Gustavo, professor da Unesp responsável pelo Projeto e professora Mariana do curso de Enfermagem da Fundação.

Na última semana a Fundação Educacional do Município de Assis – Fema firmou parceria com a Unesp de Assis, por meio do Prof. Dr. Gustavo Henrique Dionisio, do departamento de Psicologia Clínica e coordenador do Projeto de Atendimento Psicoterápico Universitário à Comunidade Externa, com o objetivo de oferecer atendimento psicoterápico aos alunos dos cursos de Enfermagem e Direito da Fundação.

Para divulgar o Projeto aos alunos o Prof. Gustavo esteve na noite do dia 26 em visita as salas dos cursos de Enfermagem, explicando os procedimentos necessários para os alunos interessadosem participar. Aparceria foi uma iniciativa da Direção da Fema e das Coordenadorias de Enfermagem e Direito que procuraram o Prof. Gustavo após conhecerem o seu Projeto de apoio aos universitários. Segundo a vice-diretora e professora de Enfermagem da Fema, Profª Drª Elizete Mello da Silva, o Projeto oferece a Fema a oportunidade de complementar a estrutura de apoio aos alunos. “A Fema já oferece toda a estrutura pedagógica e acadêmica, agora por meio desta parceria com a Unesp, por meio do Projeto coordenado pelo Prof. Gustavo, temos a oportunidade de oferecer também um apoio pessoal e profissional de amparo e escuta aos discentes da Fundação.

Professor Gustavo visitou as salas de Enfermagem para divulgar o Projeto e informar os procedimentos aos alunos interessados.

A parceria também nos proporciona estreitar os laços com a Unesp, no sentido de colaborar em benefício a sociedade acadêmica. As parcerias com outras instituições, em especial com a Unesp, também colaboram no desenvolvimento de outros novos projetos que possam complementar e agregar serviços a rotina acadêmica”, disse a vice-diretora da Fema. Ela ainda concluiu informando que inicialmente os atendimentos serão oferecidos aos alunos de Enfermagem e Direito por uma questão de organização da demanda de alunos, mas que o objetivo é oferecer os serviços deste Projeto também aos alunos dos demais cursos da Fema. A Profª Drª Elizete, que estava na primeira sala visitada pelo Prof. Gustavo, parabenizou o coordenador pelo Projeto, enfatizando a relevância do mesmo e também agradeceu a parceria firmada.

Durante a divulgação do Projeto nas salas o Prof. Gustavo foi acompanhado pela ProfªÂ  Mariana Carolina Vastag R. de Oliveira, responsável pela disciplina de Enfermagem Psiquiátrica, que falou da importância do oferecimento do atendimento aos alunos de graduação. Segundo ela ao observar as características e o perfil do profissional de Enfermagem e Direito, a Direção e Coordenação da Fema, consideraram de suma importância o oferecimento de escuta aos alunos. Segundo eles por meio da psicoterapia é possível oferecer aos alunos a possibilidade de se autoconhecer melhor, promovendo um cuidado pessoal e um amadurecimento perante as adversidades pelas quais todos passam no dia-dia. Ainda segundo a Professora, para cuidar do próximo é necessário que o profissional esteja bem cuidado e bem consigo mesmo, para assim tomar decisões melhores e agir com maior eficiência nos momentos de trabalho, inclusive os de tensão.

O Prof. Gustavo, da Unesp, explica que o Projeto é aberto para todos os universitários, com exceção dos que cursam a graduação na Unesp (ex-alunos podem aderir ao atendimento). “O Projeto Atendimento Psicoterápico à Comunidade Universitária Externa visa oferecer, aos estudantes universitários que não pertencem a UNESP, a oportunidade de iniciar um processo psicoterapêutico. Tendo em vista o número de cursos universitários existentes na cidade de Assis, assim como a impossibilidade de se realizar uma psicoterapia em função de indisponibilidades financeiras, o projeto se dedica a atender esta demanda que cresce a cada dia” explicou o Professor. Segundo ele os encontros são individuais e os atendimentos serão realizados semanalmente pelos estagiários de psicologia da Unesp, sistematicamente supervisionados por ele. O Professor ainda explica que o Projeto está aberto ao universitário, mas que a decisão é pessoal e deve partir do estudante. Ele também lembra que a psicoterapia é um processo que não se restringe ao tratamento indicado para pessoas com patologias.  A iniciativa em promover um Projeto para atendimento exclusivamente do público universitário foi pensado visto que geralmente os estudantes nesta etapa estão num período de transição da adolescência para vida adulta, o que pode trazer muita ansiedade e dúvidas, as quais são amenizadas com o apoio psicoterápico. Outro fator importante do Projeto, segundo Dr. Gustavo é que são universitários atendendo universitários, gerando uma relação de identidade que aproxima ainda mais os jovens.

Os atendimentos serão realizados gratuitamente, e para marcar uma entrevista basta entrar em contato com o Centro de Pesquisa e Psicologia Aplicada (CPPA) da UNESP-Assis, no telefone (18) 3302 5905. No contato, o interessado deve referir a solicitação de ser atendido pelos executantes do Projeto, cuja supervisão fica sob a responsabilidade do Dr. Gustavo Henrique Dionisio.

#MAIS LIDAS DA SEMANA