Fique conectado

Educação

Professora da Unesp de Assis leciona no Santa Fe College

Premiada pela Comissão Fullbright, desenvolve estudos na área de ensino de línguas

Publicado em

151

Professora Regiani Aparecida Santos Zacarias (Foto: Reprodução)

Regiani Aparecida Santos Zacarias, professora da Unesp de Assis, foi premiadapela Comissão Fulbright como Professora Visitante para lecionar no Santa Fe College na cidade de Gainesville, Flórida, EUA, durante o ano letivo 2012-2013. A vaga para trabalhar no departamento de Ciências Humanas e Línguas foi aberta para acadêmicos da Argentina, Chile e Brasil e tinha como requisitos o domínio fluente de língua inglesa e de língua espanhola e a formação em Ciências Humanas e Sociais.

Veja entrevista de Regiani em inglês
 http://www.youtube.com/watch?v=cnt-dMvTq2Q&feature=share

“Ao tomar conhecimento da seleção, por meio da Assessoria de Relações Externas da Unesp, via escritório de assuntos internacionais de Assis, tive interesse em candidatar-me, primeiramente porque a Florida, Gainesville, e as informações enviadas pelo Santa Fe College se mostraram muito acolhedoras”, conta Regiani.

Advogada, com cursos de especialização em Direito e formada em Letras, Regiani é Mestre em Letras e Doutora em Estudos da Linguagem. professora de inglês na Unesp, Câmpus de Assis, desenvolve estudos e pesquisas na área de ensino e aprendizado de línguas. “A minha principal área de interesse e estudo é Lexicografia bilíngue português-inglês”, conta.

Durante o período em que esteve na instituição lecionou duas disciplinas por semestre. Em 2012, Humanidades da América Latina, juntamente com o Dr. William Little, também chefe do departamento de Humanidades e Línguas; e Política dos países em desenvolvimento, juntamente com a Dra. Vilma Fuentes, também assessora de relações exteriores do College. Em 2013, lecionou Topicos em redação avançada: Linguística e Lexicografia, juntamente com a Prof. Ms. Susan Miller, também chefe do departamento de Língua Inglesa; e Casamento e Família, juntamente com a Dra. Naíma Brown, Vice-presidente do College.

Além das aulas regulares, ministrou aulas-palestras em outras disciplinas como Geografia Mundial, Relações Internacionais, Políticas Mundiais e Linguistica da Língua Inglesa. Participou ativamente da vida do Santa Fe College e ministrou palestras em eventos, como a palestra de Encerramento da Exposição Anual sobre Humanidades do Mundo, a palestra na Semana da Constituição, palestra sobre a Mulher Brasileira e palestra sobre Sustentabilidade no Brasil, dentre outras. Apresentou também palestras para grupos da comunidade local, como ALTRUSA e Comitê local da ONU, dentre outras.

Em abril, recebeu outro prêmio da Comissão Fulbright, OLF (Ocasional Lecture Fund) destinado a promover a mobilidade de professores estrangeiros já selecionados e residindo nos EUA dos para visitarem e ministrarem palestras em outras instituições de Ensino no país.

Na ocasião, estive na cidade de Baltimore e ministrou 3 palestras na Morgan State University e 2 palestras na Towson State University sobre diferentes assuntos, como Dicionários e Aprendizagem de Línguas, Brazil: Five citieis, Five different views e Estudo Contrastivo das Língua Portuguesa e Língua Inglesa. Aproveitando a viagem, Regiani esteve no escritório da Fulbright em Washington, DC para uma palestra-relato sobre sua experiência aos funcionários.

Durante a estada, fez intermediações para o desenvolvimento de processo colaborativo entre o Santa Fe e a Unesp que resultaram em um Acordo Internacional que está sendo firmado entre as duas instituições e que irá beneficiar muitos alunos norte-americanos e brasileiros.

“Além do aperfeiçoamento profissional, acadêmico e institucional, a minha família beneficiou-se da experiência e trouxe na bagagem habilidades preciosas, como a fluência em língua inglesa e o convívio com outras culturas”, conta.

Sobre a Fulbright

O Programa de Intercâmbio Educacional e Cultural do Governo dos Estados Unidos da América, conhecido em todo o mundo como Programa Fulbright, foi estabelecido em 1946, por lei de autoria do Senador J. William Fulbright. Ao ser idealizado teve como principal objetivo ampliar o entendimento entre a sociedade norte-americana e a de outros países. Com o passar do tempo vem permitindo uma real integração cultural e educacional entre as nações.

No Brasil, o programa iniciou em 1957, por troca de Notas Diplomáticas que instituiu a Comissão Fulbright. A última revisão das notas ocorreu com o Decreto Presidencial nº 7.176, de 12 de maio de 2010. A Comissão Fulbright é dirigida por um conselho diretor  formado por seis brasileiros e seis cidadãos norte-americanos residentes no Brasil.

O Programa Fulbright oferece bolsas de estudos para estudantes de pós-graduação, professores e pesquisadores. Nestes mais de 50 anos no Brasil, beneficiou 3.500 mil brasileiros e 2.700 norte-americanos que puderam realizar o sonho de estudar no exterior, conhecer uma nova cultura e estreitar os laços de amizade entre os dois países. No mundo, o programa já concedeu mais de 370 mil bolsas de estudo, pesquisa e docência a cidadãos norte-americanos e de outros 150 países.

Informações: http://www.fulbright.org.br/content/view/1/30/

Publicidade

Educação

Fuvest 2020: candidatos fazem provas específicas da 2ª fase do vestibular nesta segunda-feira

No domingo (5), estudantes realizaram prova de português e redação, que abordou o papel da ciência no mundo contemporâneo.

Publicado em

Do G1
Estudantes realizam as provas do primeiro dia da segunda fase da Fuvest na Faculdade de Educação da Universidade de São Paulo (USP), na Cidade Universitária, Zona Oeste de São Paulo, na tarde deste domingo (5) — Foto: Hélvio Romero/Estadão Conteúdo

Os candidatos que buscam uma vaga na Universidade de São paulo (USP) realizam nesta segunda-feira (6) a segunda etapa da segunda fase do vestibular da Fuvest 2020. Serão aplicadas provas de disciplinas específicas, de acordo com a carreira escolhida.

Cerca de 35 mil candidatos selecionados para a segunda fase disputam 11.147 vagas para 106 cursos oferecidos pela instituição. Os portões abrem às 12h30 e a prova começa às 13h. No total, são quatro horas de exame, mas os estudantes só podem deixar as salas a partir das 16h. (Veja abaixo o que levar)

Neste domingo (5), foi aplicada a prova dissertativa de português e redação, que abordou “o papel da ciência no mundo contemporâneo”. Professores de cursinhos ouvidos pelo G1 afirmaram que a Fuvest seguiu a tradição de anos anteriores com a escolha de um tema atual para a redação e a grande exigência de interpretação de texto nas questões dissertativas.

A lista dos aprovados sai no dia 24 de janeiro.

O que levar para a prova

  • Documento de identidade original com foto (obrigatório)
  • Caneta esferográfica de tinta azul (obrigatório)
  • Lápis, lapiseira, borracha,apontador e régua transparente para uso em rascunhos
  • Alimentos leves e água

Proibido levar

  • Celulares (devem ficar desligados dentro de um envelope específico)
  • Relógio
  • Equipamentos eletrônicos como calculadora, computador, tablet e máquina fotográfica
  • Material impresso ou para anotações
  • Corretivo
  • Canetas diferentes da esferográfica
  • Gorro, boné, chapéu e óculos de sol
  • Fone de ouvido ou protetor auricular

Calendário

  • 5 e 6 de janeiro de 2020 – Provas de 2ª Fase
  • 8 a 10 de janeiro de 2020 – Prova de Habilidades Específicas – Artes Cênicas
  • 24 de janeiro de 2020 – Divulgação da 1ª Chamada
  • 25 de janeiro a 28 de janeiro de 2020 – Período da Matrícula Virtual – 1ª Chamada
  • 31 de janeiro de 2020 – Divulgação da 2ª Chamada

Cursos mais concorridos

  1. Medicina (Pinheiros) – 129,46 candidatos por vaga
  2. Medicina (Bauru) – 124,21 candidatos por vaga
  3. Medicina (Ribeirão Preto) – 89,04 candidatos por vaga
  4. Psicologia (São Paulo) – 73,67 candidatos por vaga
  5. Relações Internacionais – 58,6 candidatos por vaga
  6. Curso Superior do Audiovisual – 46,92 candidatos por vaga
  7. Psicologia (Ribeirão Preto) – 43,24 candidatos por vaga
  8. Medicina Veterinária – 42,91 candidatos por vaga
  9. Ciências Biomédicas – 37,21 candidatos por vaga
  10. Design – 32,36 candidatos por vaga
  11. Publicidade e Propaganda – 31,20 candidatos por vaga
  12. Fisioterapia – 31,17 candidatos por vaga
  13. Jornalismo – 29,10 candidatos por vaga
  14. Artes Visuais – 26,57 candidatos por vaga
  15. Arquitetura (FAU) – 25,94 candidatos por vaga
Continue lendo

Educação

Ação Solidária destina presentes de Natal a alunos da EMEIF Mafalda

Ao todo foram entregues 50 presentes de Natal.

Publicado em

Assessoria
Ação Solidária destina presentes de Natal a alunos da EMEIF Mafalda (Foto: Divulgação)
Ação Solidária destina presentes de Natal a alunos da EMEIF Mafalda (Foto: Divulgação)

No último dia 3 de dezembro alunos da  E.E Prof.ª  Lenny de Barros da Silva estiveram na EMEIF Prof.ª Mafalda Salotti Bartholomei  para a entrega de 50 presentes de Natal aos alunos do reforço escolar através de uma ação solidária.

A proposta surgiu entre os alunos do Grêmio Estudantil e do 2º ano do Ensino Médio da Escola Lenny como ação solidária, que ao invés de adotar cartas de crianças do Correios adotaram cartas dos alunos do reforço escolar da EMEIF Mafalda.

“Pensamos em destinar a ação para as crianças que conhecemos e temos contato, e assim desenvolvemos o projeto com os alunos do reforço da professora Eliana. Hoje, estamos aqui para celebrar esse momento. As crianças receberam as doações, presentes, mas na realidade nós saímos daqui presenteados”, comemorou a diretora da Escola Estadual, Lindavala Maria S. Schilling.

Ambas as unidades são parcerias em ações de cunho social desde o início do ano com outras ações já realizadas e através das cartas solidárias os alunos receberam presentes dos estudantes e professores do Lenny.

Para a professora do reforço escolar, Eliane Rorato, além da questão solidária a ação junto aos seus alunos promoveu também os aspectos pedagógicos inerentes do gênero textual, como a elaboração das cartas.

“Nós trabalhamos a função da carta e a escrita  e os alunos produziram os textos, com apresentação pessoal,   idade e fatos particulares da sua personalidade e a descrição para os leitores de três presentes. As produções ficaram interessantes e propiciaram aos estudantes do Lenny a possibilidade de conhecerem as crianças através da auto descrição textual”.

A secretária da Educação Dulce de Andrade Araujo, que prestigiou o momento, agradeceu e enalteceu a prática solidária e acrescentou que a ação ficará marcada na memória de ambos os participantes, dos que promoveram a doação aos que a receberam.

“Vemos aqui uma ação ímpar, pois a generosidade, gratuidade e solidariedade voluntária dos alunos da Escola Lenny é um exemplo positivo a todos nós adultos e às crianças, desde o inicio na Educação Infantil, Ensino Fundamental até o Ensino Médio”, considera a secretária da Educação.

 

Continue lendo

Educação

Halloween no “Carolina Burali” movimenta alunos e professores

Confira as fotos.

Publicado em

Do AssisNews
Halloween no “Carolina Burali” movimenta alunos e professores (Foto: Divulgação)

O Halloween ou Dia das Bruxas é uma festa tradicional comemorada todo dia 31 de outubro ao redor do mundo. Muitas pessoas comemoram, mas não sabem exatamente a origem de todos os costumes, por isso o vice-diretor Antônio Beluco Neto sugeriu que fosse realizada a comemoração na escola para que assim, os alunos se inteirassem sobre o tema.

Assim, as professoras de inglês Andréia Piemonte e Michele Amaro, se reuniram com os alunos do Clube Juvenil “Eventos do Carol” e com os alunos da 2ª série do Ensino Médio e organizaram a decoração típica e a abertura de um desfile e concurso de fantasias. Na semana de atividades também foi feita uma contextualização sobre o tema em todas as salas da escola.

Segundo a professora coordenadora Andréia, o protagonismo dos alunos foi tanto, que a escola acabou sendo toda decorada, o que contagiou a todos. “No último dia 31, os alunos e os professores se fantasiaram para participar da festa, tornando um dia alegre e animado para todos”, descreveu.

Após o almoço, foi realizado o concurso de fantasias que culminou com a premiação da dupla de coringas, Leonardo de Souza Oliveira e João Gabriel Soares de Azevedo, do 2ºA e Mayara Alícia Lima Cezareto, do 9ºA, que se destacou como Alice Chapeleira.

Respeito a outras culturas e religiões, educação e diversão caminhando juntas para o sucesso pedagógico dos alunos da escola Carolina Burali.

Veja as fotos:

Continue lendo
WhatsAssp AssisNews
Publicidade

FaceNews

Mais lidas