Assisense faz pausa para almoçar e chega atrasado à prova da Unesp

Jovem saiu de Assis para fazer a prova em Bauru e se perdeu.
Portões da Instituição de Toledo de Ensino fecharam às 14 horas.

Guilherme chegou depois que os portões
fecharam (Foto: Mariana Bonora/ G1)

O estudante Guilherme Umbeleno saiu de Assis para fazer o vestibular de meio de ano da Unesp em Bauru (SP), mas chegou quando os portões da Instituição Toledo de Ensino, local da prova já estavam fechados. A distância entre as duas cidades é de 180 km e viagem dura, em média, duas horas.

Ele saiu cedo de Assis, mas a pausa para o almoço, já em Bauru, e a confusão com as ruas que ele e o amigo não conheciam bem acabou adiando a possibilidade de já garantir uma vaga no curso de Engenharia Mecânica. “A gente se perdeu nas ruas aqui, porque não conhecemos a cidade. Sai cedo de Assis, mas paramos para almoçar e saímos do restaurante 13h20”, conta o jovem.

Ele chegou com os portões já fechados e ainda tentou negociar com o fiscal, mas não teve jeito. “Era a prova que mais estava aguardando. Eu estou morando em Marília para fazer cursinho, estou estudando muito, estava preparado, mas fazer o quê?”, lamenta. O jovem agora vai ter que esperar o vestibular do final do ano. “Vou prestar outros agora no meio do ano, mas Unesp, só no final do ano agora.”

Jovem ainda tentou negociar com um dos fiscais, mas não teve jeito (Foto: Mariana Bonora/ G1)

VEJA TAMBÉM

#MAIS LIDAS DA SEMANA