Festival de Pipa marca mês do folclore em escola municipal

O Festival de Pipas foi realizado no Centro Social Urbano em Assis.
Em lembrança ao dia do Folclore, foi desenvolvido o Projeto Folclore.

Festival de Pipa marca mês do folclore em escola municipal (Foto: Erica Bueno)

Em lembrança ao dia do Folclore, comemorado em 22 de agosto, a professora de educação física Maria Lúcia Florindo, da EMEIF “Profº Maria Amélia de Castro Burali”, juntamente com os professores regulares desenvolveram o Projeto Folclore no mês de agosto.

Durante todo o mês foi trabalhado com as crianças do ensino infantil e fundamental, brincadeiras como, queimada, pular corda, amarelinhas, bilboquê, batata quente, escravos de Jô, eu com as quatro, passa anel, bugalhas ou cinco Marias, vai e vem, entre outras.

As brincadeiras folclóricas são aquelas que passam de geração para geração, muitas delas existem há décadas ou até séculos, e costumam sofrer modificações de acordo com a região e a época, porém, a essência da brincadeira continua a mesma da origem.

“A preservação dessas brincadeiras é muito importante para a manutenção da cultura folclórica. Confeccionamos o vai e vem e o bilboquê com materiais recicláveis e contamos também com a participação da família, que colaborou enviando os materiais”, relata Maria Lúcia.

Foi trabalhado também coreografias e cantigas de rodas, como: Pézinho, Mestre André e Carneirinho Carnerão.

Como encerramento do projeto os alunos fizeram um Festival de Pipas no Centro Social Urbano, onde puderam se divertir com os brinquedos confeccionados, soltar pipa e fazer piquenique.

“Eu gostei muito de vir no Centro Social Urbano, porque aqui eu pude correr e brincar”, disse José Vitor F. dos Santos, aluno do 3º ano.

Festival de Pipa marca mês do folclore em escola municipal (Foto: Erica Bueno)

#MAIS LIDAS DA SEMANA